domingo, 20 de abril de 2008

Cinza... (Poemetos)

Minha poesia parou no muro.
No cinza da poluição.
No cinza da tristeza.
No cinza do suor.
Meu desalento pegou carona.
No cinza de teus olhos.
No cinza de um céu que chora.
No cinza de minhas mãos.
Meus amores foram-se embora
No cinza trem de uma estação qualquer.
Na cinza hora de um dia qualquer.
Na cinza desesperança de um coração qualquer.

Clichês e Ditaduras...


Não sei se uma lei (por mais imponente que possa parecer nosso poder legislativo) é capaz de exaurir com essa "alucinação" geral que é o culto ao corpo. Aliás, o culto ao corpo é tão antigo, tão antigo,que faz parte da formação da civilização ocidental! Ou vai me dizer que os gregos não eram absolutamente narcisistas (aliás!eles inventaram o narcisismo)?! Num breve filmezinho da história, podemos ver o quanto o corpo, e todas as suas formas e alterações de formas, guiaram uma boa parcela da sociedade. Basta ver as obras de arte, expressão máxima do narcisismo humano antes da invenção da fotografia! Os gregos eram obcecados pela simetria e harmonia de formas. Quando a burguesia tomou conta do mundo, o que conferia "status quo" era ser bem "farta de carnes", pois isso demonstrava que você tinha dinheiro suficiente tanto para comer quanto para não precisar trabalhar. E essa última "tendência corporal", que desapareceu logo com a "rasteira" da Revolução Industrial, tem o mesmo "cerne" que a que vivemos há umas duas décadas, pelo menos. Hoje, a tal "ditadura da moda" (Ô palavrinha do inferno!Quantas pessoas as várias ditaduras já mataram nessa vida hein!) diz "olha minha filha!se você quiser ser desejada e invejada, você precisa ser magricela, viver de regime e obedecer cegamente as revistas de moda!" É claro que nós não precisamos seguir a ditadura! Sejamos rebeldes oras! As mulheres precisam se aceitar mais, se gostar mais, e parar com essa história de que a vida só tem solução se você tiver o corpo da Gisele Bündchen...É claro que não é assim "super fácil" fazer com que a mentalidade de que "ser magra é ser bonita desapareça" (assim como fazer desaparecer os tais quilinhos a mais...), mas não é impossível! E, apesar de ser clichê (mas, às vezes, eu acho que os clichês estão aí por serem pura verdade, né não?), gostar de si mesma é o passo mais importante pra ser feliz!

Especialmente escrito para o Tudo de Blog
(Pauta para o site: lei sobre modelos mais gordinhas)

Mulherzinha...


Acredito que, ao contrário do Cérebro, o grande desejo das mulheres não seja dominar o mundo; até porque, isso nós já conseguimos! Somos maioria absoluta em qualquer lugar do mundo; além disso, somos aquelas que podem carregar em si todo o resto da população do planeta! Se isso não for dominação, sabe-se lá diabos o quê é! Não que eu tenha alguma coisa contra garotos (afinal de contas, como diria Lorelai, "Sou uma grande fã deles!"), mas seria cretinice demais não admitir que este mundodemeudeus não existe sem as mulheres! E, contrariando a cega, e "quase" eterna teoria patriarcal, pra mim, quem "deu à luz" ao mundo foi um ser feminino! E que se dane essa história de sete dias e costelas e blábláblá. E foi graças a essa doença patriarcal, que muitas mulheres passaram (e ainda passam) maus bocados. Mas sempre tivemos força o suficiente para não deixarmos essa "opressão" tomar conta de nós. Porque, no fim das contas, nós conseguimos andar com uma lata d'água na cabeça, carregar criança nas costas e sambar em cima do salto.

E quer saber, dominando ou não o mundo, sempre terei orgulho de ser uma "mulherzinha"...



Texto especialmente escrito para o Tudo de Blog (Capricho)

Pauta: As mulheres vão dominar o mundo?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...