sábado, 14 de junho de 2008

Uma semana e tanto...


Essa semana foi um misto de tristeza+cansaço+alívio+alegria... Cansaço pelos milhões de livros do mestrado que tive que ler... Alívio pelo fim da matéria matadora de segunda-feira, que quase me enlouqueceu... E tristeza...bom, tristeza de saudades...de solidão...de perguntas sem resposta...

Não...Eu não tenho essas crises de "meudeushjédiadosnamoradoseeunãotenhoum!"...Porque se eu tivesse essas bobeiras, todos os anos seria a mesma lenga lenga...Afinal de contas, nunca tenho namorados em datas comerciais...E em datas não comerciais também...=) Mas isso é assunto pra outro post...

Tenho estado bastante cansada...e me faz muita falta sair com os amigos, sentar num buteco e falar amenidades... Me faz falta rir com meus amigos...Rir com meus pais...Abraçar a Gigi...Muita coisa anda me fazendo falta...Às vezes sinto falta de mim mesma...Chego a entrar em estado de "tristezamodeon", e não querer olhar o mundo ao meu redor...

Mas a vida é uma montanha russa eterna...Numa hora você está prestes a cair no choro, querendo desesperadamente um abraço, e na outra está sorrindo. Só sinto muita falta de ter abraços quando preciso, e alguém pra sorrir comigo...Mas enfim...

A semana também foi de alegrias...Alegria de ver Mr. Harrison Ford em plena forma no papel do querido Indiana Jones (sim!eu fui assistir o filme no cinema! E foi ótimo!). Alegria de ver meu São Paulo ganhar de 4x2 do Flamengo em pleno Maracanã. Alegria de falar ao telefone com meus pais. Alegria de aprender a usar o tal skype e ficar falando besteira full time com meus amigos de longe. Alegria de começar um novo projeto.Alegria de estar viva, e saber que não importa o tamanho da tristeza e nem o quê ou quem a causa, mas sempre haverá alegria o suficiente vinda de algum lugar de dentro de você que o fará ver que, apesar de tudo, e às vezes quase todos, a vida é bonita...

E agora eu preciso deixar todos esses sentimentos (sejam eles bons ou ruins) na tela, e voltar pros estudos. Porque não importa o quanto eu esteja alegre ou triste, o mestrado não me deixa sozinha...

3 comentários:

  1. Eu é que tava assim ontem, cheia de perguntas pra mim mesma.. Mas nem sempre as respostas aparecem, né? Aí peguei Clarice e - finalmente terminei 'perto do coração selvagem'. O incrível é que fiz isso exatamente na hr certa. Te explico melhor em carta, ok? E lembre-se que tem alguém aqui que te admira muito, tá? E que torce pra um dia te dar um abraço de urso - abraço de amiga verdadeira que não te esquece! Te adoro minina, se cuida.
    Beijão.
    *
    PS: Consegui baixar a sua lista de músicas hj. Mto bom!

    ResponderExcluir
  2. Ei guria, tu tem skype eh? Me passa seu id ae :).

    Qdo vc volta pra campao? hein? hein?

    ResponderExcluir
  3. Li ou ouvi dizer que "tristeza é um tipo de cansaço". Me identifiquei com esse seu texto. Não se trata da vida ser triste, mas, no meu caso, tenho a impressão de que algo consome minhas melhores energias e acabo passando a maior parte do tempo como um zumbi ou um sonâmbulo. E às vezes bate uma sensação de vazio e solidão... nooooossa, é fueda. Mas, enfim, são momentos e momentos passam. Ou é a gente que superdimensiona certos aspectos... anyway, perdi minha linha de raciocínio.
    A gente se vê.
    Bjs!

    ResponderExcluir

Entre e fique à vontade!
'Bora prosear, porque esse blog também é seu.
Obrigada por sua visita, e por sua opinião.
Seu comentário será respondido aqui, nesse espacinho, assim que possível.
Um beijo procê!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...