quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

A obra pode ser aberta, mas não é escancarada!

Reza a lenda que há um primeira vez pra tudo nessa vida. Bom, pela primeira vez alguém lê um texto meu, interpreta tudo ao contrário do que eu "quis dizer", e afirma que o post é horrível. E, em resposta a essa primeira vez, este é o meu primeiro post escrito pra explicar um post anterior.
Segundo Umberto Eco, a obra de arte é aberta, ou seja, pode ter diversas interpretações com relação a um mesmo tema. É claro que um quadro de Dalí pode ser visto por diversos ângulos, e que cada um que o vir terá uma sensação diferente; mas isso não exclui por completo a intenção inicial do autor da obra. O fato de haverem diferentes opiniões a respeito de um texto, não quer dizer que se deva desconsiderar o que o autor inicialmente quis dizer [como é o caso de Dona Capitu e seu Machado, mas acho que vou fazer um outro post sobre isso depois]. A obra é aberta, mas também não é escancarada né minha gente!
Bom, essa "introdução" foi feita pra explicar que, embora existam opiniões diferentes da minha [o que eu acho super saudável, aliás], não se pode ter opiniões diferentes das que eu não tenho! Se eu disser que prefiro amarelo ao invés de azul, e uma pessoa vier me dar um sermão defendendo o vermelho, o quê diabos isso tem a ver comigo?! Não fui eu que botei o vermelho na roda, ora bolas!
Então, antes que os adoradores de Obama e BBB continuem me atirando pedras, lá vai o esclarecimento:
1. Mr. Barack Obama: EU NÃO TENHO NADA CONTRA, TAMPOUCO CRITIQUEI O SR. BARACK OBAMA! [em letra grande, que é pra não ter perigo de ninguém ler].
A minha crítica foi àqueles que, ao invés de ressaltarem as qualidades de Barack como bom administrador e político, ou então mostrarem o quanto ele foi um senador competente, ficam gritando a plenos pulmões que ele é o primeiro presidente negro dos Estados Unidos.
O que eu critico é a atitude de se colocar a cor da pele acima da competência. E a de trasformar o indivíduo em um mito; como as pessoas que mal sabem da carreira de Barack, mas exibem camisetas com o rosto do presidente estampado [assim como tem gente que vive com camisa do Che Guevara no peito, e não faz a mínima idéia de que ele era parceiro do velho Fidel].
2. BBB: EU NÃO TENHO NADA CONTRA O BBB, TAMPOUCO CONTRA AS PESSOAS QUE O ASSISTEM!.
A minha crítica não foi ao programa em si, ou então aos seus respectivos telespectadores [afinal de contas, gosto não se discute]. Eu questionei, e critiquei, o fato de a maioria das pessoas idolatrar os integrantes do programa como se eles fossem pessoas de grande expressão social. Assim como questionei o porquê da maioria das pessoas não ser capaz de reconhecer nossos verdadeiros artistas, mas se descabelar freneticamente por participantes de reality shows.

Enfim. É isso. Se você tiver uma opinião diferente da minha, sinta-se à vontade para expressá-la. Mas antes, por favor, certifique-se de que é capaz de compreender o que escrevo. Thanks!

5 comentários:

  1. Olha, concordo. E não tenho nada contra ninguém.
    Mas BBB é "cultura" de massa, pra gente que quer informação inútil.
    E Obama vai ter que provar que veio pra ajudar. Encher a boca de palavras, promessas, isso qualquer um faz. Não se deve dar credibilidade antes de ver resultado.

    Então, concordo.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você, menina. E outra, o otário (ou otária) comentou como anônimo, o que prova que nem coragem o sujeito tem de se posicionar verdadeiramente. Eu sinceramente entendi o que você disse, mas nem todos entendem. E se cada vez que a gente discordasse de algo ou alguém, dissesse que o que esse alguém fez fosse horrível... aff!

    ResponderExcluir
  3. Ah sério que teve gente reclamando disso?

    PeloamordeDeus!

    Será que não foi falta de ler de novo. Sei lá, problema de interpretação, essas coisas...

    Não?

    Então faz o seguinte (como a gente bem sabe): Manda pra putaquepariu!

    ResponderExcluir
  4. Opiniões foram feitas para serem respeitadas e não tidas como certas. eu concordo com tudo o que você disse, apesar de adorar assistir o BBB.
    (sou contra a idolatração dessas pessoas que só querem aparecer)
    a questão que você pôs sobre o Obama é muito interessante e traz um ponto muito polêmico.

    e a pessoa que chamou o seu texto de horrivel é um louco pois você escreve divinamente bem!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Rsrsrs. Ou eu sou louca, ou quem "desceu a lenha" em ti (no outo post), é louco! Pra não utilizar outos adjetivos! Se não entenderam o que estava escrito anteriormente, pode ter certeza que tão pouco, compreenderam os esclarecimentos deste post. Está tudo tão bem escrito quanto o texto anterior. E eu continuo afirmando que tu está inserida no outro lado da moeda! Ah, se me chamarem por aí... assina a chamada pra mim? Rsrsrs. Não, não passei pro outro lado da moeda... só fui dar uma passeada além da circunferência!!! Bjooos... Carol*.*

    ResponderExcluir

Entre e fique à vontade!
'Bora prosear, porque esse blog também é seu.
Obrigada por sua visita, e por sua opinião.
Seu comentário será respondido aqui, nesse espacinho, assim que possível.
Um beijo procê!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...