segunda-feira, 9 de março de 2009

Fim de férias: a ressurreição.

Cansada pra diabo, dormi como uma pedra na casa dos meninos (Obrigadíssima de novo meus salvadores da pátria!!!). No outro dia, às 6 da matina, levanto com a esperança de ter tido um pesadelo. Mas, o beliscão veio em forma de mofo e sol. Em casa, coloquei os cobertores no sol, arrumei um pouco de livros nas prateleiras e fui pro centro porque tinha infinitas coisas pra fazer. Camelei horrores num sol ardido do inferno. Fiz a matrícula do mestrado, e fui atrás de um jarra pra cafeteira (da amiga que morava comigo. Porque, antes de sair do outro apartamento, a criatura aqui, de tanto beber café, rachou a jarra). Andei, e andei, e andei e nada de jarra. Meudeus! Como é difícil achar esse trem! E nada de achar a maldita. Mas, pelo menos, descobri o telefone do fabricante (que, é claro, só vai abrir depois do carnaval! Que dúvida né!).
Passeei pelas lojas de 1,99, minha "renner" depois que passei a morar sozinha. Parece que quanto mais você vai nessas lojas, mais brotam coisas "úteis" pra comprar... Pior que loja de sapatos!
À noite, fui pra casa dos guris de novo (porque com tanta coisa pra fazer, não tive tempo de limpar o caos). Assistimos uma versão de Alice no país das maravilhas de 1998. Minha gente!!! Que filme drogado! Eu amo Alice, e acho o Carrol bem drogadinho ("in a good way"). Mas esse filme superou até as viagens psicodélicas do Pink Floyd. Passem longe, de verdade!
Domingão com sol a pino, 'bora aproveitar pra trabalhar. E trabalhar de verdade! Suei feito um peão de obra. Levei umas duas horas pra tirar o bolor da cama (Santo aspirador de pó! Seja louvado!). E, mesmo assim, não ficou aqueeeela brastemp... O colchão (que já tinha uns 20 anos) (Pois é...Não é lá muito recomendado ficar com um colchão tanto tempo viu. Dizem que eles têm vida útil. O meu tinha era vida inútil dentro) foi parcialmente salvo pela capa (vagabunda) que estava nele. Os travesseiros (também relíquias) foram direto pro lixo.
Resolvi aproveitar a cama (que já estava meio torta e rangendo) e transformar num sofá pra sala. Não ia conseguir dormir nela lembrando do mofo. Mas como sofá ficou uma beleza. No fim das contas, o quarto ficou vaziovazio, 'tadinho... Mas logo compro uma cama nova (e sem mofo) pra preenchê-lo...
Depois de um dia inteiro de trampo, a casa 'tá impecavelmente limpa (e devidamente banhada de querosene). Meus livros todos bonitinhos na casinha nova. E, no fim das contas, a cama bem na frente do pc ficou perfeita pra assistir filme.
A pia ainda 'tá lá, a preguiçosa. Mas amanhã tasco-lhe Diabo Verde e quero ver se ela não funciona!
O saldo de perdidos foi grande... Mas o saldo de ganhados também. Vovó me deu um forninho. Mamãe uma sanduicheira. As férias me deram 6 quilos. E todo esse caos me deu uns bons tapas de realidade.
Aliás! Consegui enfrentar as aranhas! Apareceu uma desavisada na minha pia, e foi morta sem dó nem piedade (claro que após um pequeno surto de pânico. Porque não é tão fácil assim deixar essas raízes de mulherzinha pra trás).
E depois de uns tombos, veio minha ressurreição. Juro que achei que não fosse sobreviver. Que tive vontade de nem desfazer as malas e voltar correndo pra casa da mãe. De amaldiçoar a vida. Mas, ao invés de tudo isso, dei risada. Porque uma das coisas que nos torna felizes e reais é a capacidade de rir de nossos próprios tropeços. E tive que, de uma vez por todas, assumir que sou uma solteira que mora sozinha. Agora sem choro nem vela, mas com a fita amarela guardada, porque o santo é de barro...

2 comentários:

  1. Aii, bateu invejinha da sua "desgraça"
    Quero taanto morar sozinha que nem ia ligar pra isso td q ta rolando.

    Não msm.

    bjs =)

    ResponderExcluir
  2. oow, nem fala ...
    Acho que eu me daria bem morando sozinha,
    mas minha mãe insiste que eu não sei fazer nada .
    Mas tô feliz assim por enquanto .
    Vida de solteira, é bom ? ( acho que não ~~)

    ResponderExcluir

Entre e fique à vontade!
'Bora prosear, porque esse blog também é seu.
Obrigada por sua visita, e por sua opinião.
Seu comentário será respondido aqui, nesse espacinho, assim que possível.
Um beijo procê!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...