terça-feira, 14 de abril de 2009

Amor por futebol [Força Ceni!]

Meu dia não foi lá muito bom [tirando o episódio da minha rede linda, que vai ter um post só pra ela]. Segunda-feira é sempre um inferno. Ainda mais quando ela vem em forma de temporal e molha toda a roupa cheirosinha que eu tinha acabado de colocar no varal. E então, resignada a encerrar o dia, resolvi, antes de dormir, dar uma passadinha na página do São Paulo. Quem me conhece, ou lê meu blog há algum tempo, sabe que sou apaixonadíssima por futebol. E que o grande amor da minha vida é o São Paulo Futebol Clube. E muito do meu mau humor de hoje se deveu a derrota de ontem. Mas, pior do que a injusta derrota, foi ler a notícia que o Capitão Ceni teve uma contusão séria e ficará 6 meses fora dos gramados. Devo confessar que chorei. Não sei se de tristeza pelo incidente com o capitão, ou pela dor de não vê-lo jogar nos próximos meses.
Me lembro do primeiro jogo de Rogério, substituindo o velho Zetti. Me lembro de como ele conseguiu superar as comparações e se tornar uma lenda. Lembro dele erguendo a taça do Mundial em 2005. E as taças de todos os brasileiros de 2006 pra cá. Lembro de quase todos os gols que nosso goleiro artilheiro fez. Lembro de seu sorriso e orgulho ao dizer que ele não sairia do São Paulo, porque o São Paulo era sua casa.
Pras pessoas que não gostam de futebol, deve ser difícil entender todo esse amor, toda essa loucura pelo velho esporte bretão. Mas, como diria a sábia Clarice, "não se preocupe em entender; viver ultrapassa o entendimento". Futebol não se entende; se sente, se ama. Não fosse assim, como explicar 90 mil pessoas cantando em coro no Maracanã? Como explicar que essa que vos fala, sempre tão lógica e racional, sempre tão má, tenha chorado em todas as conquistas e derrotas de seu time?
Rogério Ceni é a cara do São Paulo. Sendo assim, é minha cara também. E será muito difícil não vê-lo ali, em campo, defendendo nossa camisa. E sei que pro capitão será tão difícl quanto pra nós. Mas sei que vai dar tudo certo. Tem que dar tudo certo. Afinal de contas, São Paulo sem Ceni é a mesma coisa de Mangueira sem Cartola; fica vazio, faltando um pedaço.
Agora vou dormir. Mais triste do que quando acordei. Mas ainda na esperança de que amanhã seja um dia melhor.

Companhia musical: Hino do São Paulo - Andreas Kisser

7 comentários:

  1. nossa, sempre que me falam de futebol, eu sei dos resultados do meu time, sei em que posição ele está no campeonato.. mas sempre de um forma irrelevante. mas, depois de ler seu post. estou emocionada, "Não fosse assim, como explicar 90 mil pessoas cantando em coro no Maracanã? " Pode ter certeza, que aqueles 45 minutos, serão diferentes agora. :) Se eu não for me importar com uma das poucas coisas que o Brasil tem de bom, me importarei com o que então?

    ResponderExcluir
  2. Ôooo querida nada como um dia após o outro. Apesar de não ser louca por futebol entendo a sua decepção e desejo toda sorte do mundo para você e o seu timão.
    Super beijo,
    Isa

    ResponderExcluir
  3. Olá fia

    Lendo seu texto sobre futebol lembrei de todos os jogos que fui com a torcida do America no ultimo Rio - Sao Paulo.

    Nesse torneio perdemos quase todos os jogos mas criamos uma forte identidade entre os integrantes do onibus da Organizada. So um detalhe, fora eu, o mais novo tinha uns 40 anos.

    =)

    Sentimento só reforçado quando vi pela primeira vez uns 12 mil torcedores gritando "Nao e mole nao... chegou a hora de gritar e campeao" no Maracana e calando 3 x esse numero de torcedores do Botafogo em 2006

    Ta ai, o futebol e toda a sua capacidade de mobilizaçao dependem de caras como o Ceni

    =)

    Bj

    Thiago

    ResponderExcluir
  4. Força CENI! Força pro Tricolor! Vai dar tudo certo, to torcendo daqui, você dai, e o Brasil inteiro! pode ter certeza! Beijos ;*

    ResponderExcluir
  5. Oi? São Paulo? Obviamente deve ter sido culpa da sua criação.. afinal.. como uma moça legal assim não se torna palmeirense? hahahahaha
    Então.. o que pode diminuir não são os leitores.. mas o nível deles.. afinal.. os grandes recordistas de buscas diárias do meu blog envolvem práticas sexuais pouco ortodoxas.. as vezes com animais, as vezes com torradeira, as vezes com desentupidor de pia.. as vezes tudo jnto.. hahaha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Não torço pro São Paulo, não gosto do São Paulo. ok, gosto mas não assumo. Torço pra outro time. Eu odiava futebol. eu raramente via os jogos e menos ainda sabia sobre meu time.Desde o ano passado eu acompanho todos os jogos, eu conheço o time, sei os resultados e sei qual o campeonato que me utime participa. Eu não sei explicar, não tenho palavras, mas em meio a tanta coisa difícil, a rotina sempre igual, porque não assitir uma coisa que nos faz bem, porque não amar, sofrer e suar com o que nos faz bem?
    futebol <3

    ResponderExcluir
  7. Putz, eu ia quase esquecendo de comentar este fato com uma das são-paulinas mais sensatas (sim, um paradoxo e daí?rs) que conheço.

    Que raios o Rogério Ceni fez, hein? Ele estava tentando se matar sozinho?

    Enfim, pegando um "gancho" na lembrança que você fez do bom e saudoso Zetti acho que está na hora do Ceni largar o osso também. O último ano não tem sido bom para ele: muitas visitas ao departamento médico do CT da Barra Funda, poucos gols de falta.

    O problema vai ser a falta que ele irá fazer como liderança dentro de campo.

    Em tempo: Domingo tem mais... Timão eô eô x Tricolor! Domingo passado eu já vibrei por demais, nesse quero mais!rs
    Mas, de verdade, que vença o melhor.

    Bêjão pro cê!

    ResponderExcluir

Entre e fique à vontade!
'Bora prosear, porque esse blog também é seu.
Obrigada por sua visita, e por sua opinião.
Seu comentário será respondido aqui, nesse espacinho, assim que possível.
Um beijo procê!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...