domingo, 7 de junho de 2009

Samba do crioulo doido dominical.

Não sei o que anda acontecendo com o tempo. Acho que o safado anda treinando para alguma prova de velocistas, porque está correndo rápido por demais!!! Tenho tido a impressão de estar correndo contra o tempo. Não sei se porque falta tão pouco para qualificar minha dissertação. Ou se falta tão pouco para eu me tornar uma balzaca. "Só sei que foi assim..."
'Bora pra um samba do crioulo doido dominical...

Presente: Eu já disse o quanto gosto de ganhar presentinhos, né! Ainda mais quando esses são dados por pessoas queridas, as quais admiramos por demais. Estou falando da Dolly, do MaryaMariah. Uma pessoa que conheço a pouco, mas que já me faz um bem danado. Essa nordestina consegue me arrancar sorrisos sempre, com seus comentários, posts e presença. Se eu fosse você, visitaria sempre o espaço da Dolly. Além de dicas utilíssimas, sempre tem umas imagens lindas, e textos inspiradores. E foi dela que ganhei o selinho abaixo:

"É um prémio que homenageia os melhores blogs e tem a sua simbologia nas cores que utiliza.
A cor azul representa paz, profundidade e imensidão. A cor dourada a sabedoria, a riqueza e a claridade das ideias.
O prémio em si representa a união entre os blogueiros.

As regras são:
Temos de publicar o prémio, o nome da pessoa que nos premiou e o link do blog."

O selo é lindo! E representa muitas coisas boas. Muito muito obrigada Dolly! Como não há regra para repassar o selo, vou deixar ele pra quem quiser pegar. Fiquem à vontade!

**************************************
Site/teste: Encontrei em minhas andanças um teste que diz qual livro você é. É rapidinho, e bom praqueles momentos de tédio, ou pra quando se tem tanta coisa a fazer e não se sabe por onde começar. O teste está disponível AQUI. Segundo o teste, eu sou "A Paixão segundo GH", da Clarice Lispector, e "Memórias Póstumas de Brás Cubas", do Machado de Assis. Não podia ficar mais feliz e satisfeita! São os escritores que mais gosto neste mundo. Além do que, parece que o tal do teste me conhece deveras! Vejam só as descrições:

"Memórias póstumas de Brás Cubas", de Machado de Assis

Ok, você não é exatamente uma pessoa fácil e otimista, mas muita gente te adora. É possível, aliás, que você marque a história de sua família, de seu bairro... Quem sabe até de sua cidade? Afinal, você consegue ser inteligente e perspicaz, mas nem por isso virar as costas para a popularidade - um talento raro. Claro que esse cinismo ácido que você teima em destilar afasta alguns, e os mais jovens nem sempre conseguem entendê-lo. Mas nada que seu carisma natural e dinamismo não compensem.
"Memórias póstumas de Brás Cubas" (1881) é considerado o divisor de águas entre os movimentos Romântico e Realista. Uma das expressões da genialidade de Machado de Assis (e de sua refinada ironia), há décadas tem sido leitura obrigatória na maior parte das escolas e costuma agradar aos alunos adolescentes. Já inspirou filme e peças de teatro. É, portanto, um caso de clássico capaz de conquistar leitores variados. Proezas de Machado

"A paixão segundo GH", de Clarice Lispector

Você é daqueles sujeitos profundos. Não que se acham profundos – profundos mesmo. Devido às maquinações constantes da sua cabecinha, ao longo do tempo você acumulou milhões de questionamentos. Hoje, em segundos, você é capaz de reconsiderar toda a sua existência. A visão de um objeto ou uma fala inocente de alguém às vezes desencadeiam viagens dilacerantes aos cantos mais obscuros de sua alma. Em geral, essa tendência introspectiva não faz de você uma pessoa fácil de se conviver. Aliás, você desperta até medo em algumas pessoas. Outras simplesmente não o conseguem entender.
Assim é também "A paixão segundo GH", obra-prima de Clarice Lispector amada-idolatrada por leitores intelectuais e existencialistas, mas, sejamos sinceros, que assusta a maioria. Essa possível repulsa, porém, nunca anulará um milésimo de sua força literária. O mesmo vale para você: agrada a poucos, mas tem uma força única.

Moral da história: eu sou uma pessoa intragável e de difícil convivência e entendimento. Mas, quem me entende, me ama. Olha só que coisa boa...

Vão lá, façam o teste e depois me contem, 'tá?

*********************************

Poemeto: Vou terminar deixando aqui um poema do Sr. Pessoa. Um dos escritores que conseguem desatar os nós de minha alma.

Não tenho ambições nem desejos.
Fernando Pessoa

Não tenho ambições nem desejos.
ser poeta não é uma ambição minha.
É a minha maneira de estar sozinho.
...
Ou quando uma nuvem passa a mão por cima da luz
E corre um silêncio pela erva fora.
...
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem sabe o que é amar...
...
Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver do Universo...
Por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer,
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura...
...
A mim ensinou-me tudo.
Ensinou-me a olhar para as coisas.
Aponta-me todas as coisas que há nas flores.
Mostra-me como as pedras são engraçadas
Quando a gente as tem na mão
E olha devagar para elas.


Ps: Sabedeusquenasceuantes porquê diabos eu não consegui tirar o itálico das palavras. Por isso, e porque estou sem paciência pra travar uma batalha com o blogger, vai ficar tudo meio tortinho, tal qual o anjo torto de Drummond.

Companhia Musical: Ogum - Zeca Pagodinho e Jorge Ben / Jorge da Capadócia - Jorge Ben [Salve São Jorge!]


Agora diga tchau, Lilica!

Tchau Lilica!

Creative Commons License
This obra by Patrícia Pirota is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.

7 comentários:

  1. Ói qui minininha...sumiu da área ontem?? Pensei cá com meus botões, danadinha foi se enroscar pra não morrer de frio nos braços do " bastardo" que por vezes a faz sofrer.
    Antes que vc esbraveje>>> o termo bastardo, na Itália, é usado como, digamos, bôbo..nada com ofensas maiores, ok?

    Segundamente (ahahaha) fafavor! sou paulista, da nata; tô aqui por acidente de percurso e em tempos de acidentes aéreos, por falha na leitura dos instrumentos que assinalavam um vermelho; indicavam que a velocidade tava fora de controle e eu teimava em enxergar o azul e em seguir os alertas!daí, mifo inteirinha, entendeu?Pensei ser a Cinderela da modernidade e acreditei no principe. Pirei com uma história,cai no abismo da depressão por reler a história só que a princesa vivia em 2003 e o sapo não havia se transformado em príncipe, tava só fantasiado...história que as idiotas de boa fé acreditam acabar bem; apesar de crer que felicidade e sonhos não tem idade, esqueci do primordial, NÓS TEMOS! pois eh isso...tô pagando pela cagada, caro qui só! mas sou carvalho, envergo mas não quebro! Chega até ser hilário, no meu sitio tem familias e familias de sapo e tremo toda vez que encontro um ahahahaha
    Então, eu sou Carmen Miranda!!!! claro que aquela escrita pelo Ruy CAstro! no todo, me vi quase que inteira na descrição, excetuando o tópico fofocas, que abomino; sou alérgica a intrigas e avessa a fofocas etc...
    apesar de você me conhecer há pouco tempo, acho que vale a pena conferir...

    ...Você é... "Carmen – Uma biografia", de Ruy Castro
    Boa história é com você mesmo. Adora ouvir, contar, recontar. As de pessoas interessantes e revolucionárias são as suas preferidas. Tem gente que liga para você só para saber das últimas fofocas. E confesse: com seu jeitinho manso e detalhista, você dá aos fatos um sabor todo especial. Além disso, não se contenta em reproduzir o que já foi dito. Por isso, se fosse um livro, você só poderia ser uma boa biografia, daquelas que faz os leitores deitarem na rede do fim de semana e se entregarem às peripécias de uma grande personagem. Aliás, você já pensou na profissão de repórter? Ou de escritor?
    "Carmen – Uma Biografia" (2005), sobre Carmen Miranda, é uma das aclamadas biografias publicadas por Ruy Castro, também jornalista e tradutor, considerado um dos maiores biógrafos brasileiros.
    Você é... "Carmen – Uma biografia", de Ruy Castro
    Boa história é com você mesmo. Adora ouvir, contar, recontar. As de pessoas interessantes e revolucionárias são as suas preferidas. Tem gente que liga para você só para saber das últimas fofocas. E confesse: com seu jeitinho manso e detalhista, você dá aos fatos um sabor todo especial. Além disso, não se contenta em reproduzir o que já foi dito. Por isso, se fosse um livro, você só poderia ser uma boa biografia, daquelas que faz os leitores deitarem na rede do fim de semana e se entregarem às peripécias de uma grande personagem. Aliás, você já pensou na profissão de repórter? Ou de escritor?
    "Carmen – Uma Biografia" (2005), sobre Carmen Miranda, é uma das aclamadas biografias publicadas por Ruy Castro, também jornalista e tradutor, considerado um dos maiores biógrafos brasileiros.

    beijocas saudosas

    ResponderExcluir
  2. Oi, Patrícia!
    Mulher, eu já tinha feito esse teste antes, e deu o mesmo resultado. :)
    O livro de Machado eu havia lido, mas o de Clarice ainda não. Será uma boa leitura, certamente. ;)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. PARABÉNS PELO SELINHO, E PRINCIPALMENTE PELO TEXTO ( ACREDITA QUE NO COMENTÁRIO EXCLUIDO EU ESCREVI TESTO, ASSIM, COM S... TO PRECISANDO VOLTAR PRA ESCOLA)
    VOLTANDO A FALAR DA FICÇÃO, QUE NÃO É TÃO FICÇÃO, OU PODIA SER, AMEI, GOSTOSO DE LER, FÁCIL, ENGRAÇADO, AGUARDO OS PRÓXIMOS CAPITULOS
    BEIJOSSSSS

    TEM FOTOS DO "LUGAR" MÁGICO LÁ NO BLOG, PASSA LÁ,
    BOA SEMANA
    MAIS BEIJOSSSS

    ResponderExcluir
  5. Pat querida, fiquei tão feliz em saber que está querendo vir para cá. Vamos passear muuuuito, prometo!! Fiquei em polgadíssima, rs.
    Quanto ao post, realmente o tempo está voando. Já estamos no meio do ano, surreal, né?
    Beijos e uma maravilhosa semana!
    Ah, o poema é MARAVILHOSO!

    ResponderExcluir
  6. Fiz o teste dos livros e deu os mesmos que pra vc, huahuahuahu.
    Ah, adorei ler o post passado, sobre sua vida. Sua casa parece ser um cantinho mágico dentro de Curitiba XD Seria legal conhecer ^^
    Ah, e tenho q agradecer por ter essa nova visão de Curitiba, bem diferente da visão dos próprios curitibanos, rs
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Adorei esse site!! Acho que vou postar o link lá no meu blog tbm!!! Eu sou o livro "O Alquimista, do Paulo Coelho.. Interessante, pq adoro os livros dele.. hehehe... adorei tbm os livros que você é... rsrsrsrsrs.. e parabéns pelo selinho!!! ^^
    Sobre o itálico no blog, tbm ando travando umas brigas pra arrumar umas coisas no meu, mas o blog tá meio manhoso esses dias... =]
    bjussss

    ResponderExcluir

Entre e fique à vontade!
'Bora prosear, porque esse blog também é seu.
Obrigada por sua visita, e por sua opinião.
Seu comentário será respondido aqui, nesse espacinho, assim que possível.
Um beijo procê!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...