sexta-feira, 24 de julho de 2009

Samba do crioulo doido com medo do travesseiro...

Começo a ter uma certa desconfiança de que meu travesseiro é mágico. É eu botar a cabeça no bicho pro meu cérebro trabalhar feito louco! Essa noite, enquanto tentava inutilmente dormir, meu cérebro escreveu 3 posts pro blog, um capítulo do meu livro e umas 10 páginas da dissertação. Isso, num intervalo de 2 horas, depois das quais fiquei puta e levantei pra fumar um cigarro.

Eu não sei o que meu travesseiro tem. Não importa se eu vou deitar podre de cansada ou bem descansadinha. Não adianta fazer exercício de respiração, posições de yoga, alongamento, NADA! O travesseiro se recusa a deixar minha cachola descansar!

Tem gente que antes de dormir pensa nos problemas, nas contas a pagar, nas coisas boas do dia. Eu escrevo textos mentalmente. E é impressionante a velocidade com a qual ele escreve! Nem com 10 mãos eu conseguiria digitar tudo o que ele produz tão rapidamente. E não adianta eu mandar ele calar a boca, na esperança de ele ficar magoado e fazer bico. Não! Ele tem vida própria. Ele não me obedece!

Antes, quando eu tinha idéias enquanto caminhava, achava normal, afinal de contas, caminhar aumenta a circulação, aumentando a freqüência do cérebro. Mas agora o malacabado se descontrolou. "Escrevo" enquanto lavo a louça, enquanto cozinho, enquanto assisto televisão! E eu que achava que assistir TV fosse bom pra relaxar o cérebro... Ledo engano, ledo engano. Se eu assisto jornal então, aí danou-se! Os textos são produzidos a cada minuto. E não adianta eu bater o pé e dizer que não vou pensar. Não adianta! Até comecei a assistir novela, porque reza a lenda que novela deixa as pessoas alienadas. MENTIRA! Quem é o estrupício que disse isso? É mentira, meu filho!

Deve ter gente pensando que eu preciso de sexo. Pois é, meu caro. Precisar eu até preciso, mas a maré não ‘tá pra peixe, mermão. As coisas não são fáceis assim. Ao menos não pra mim, que não sou muito afeita a essa coisa de fastsex.

O que eu mais queria é que meu cérebro tivesse uma entrada USB, pra eu poder transferir os arquivos pro computador. Se assim fosse, até minha tese de doutorado já estaria pronta. Porque eu tenho a impressão de que não adianta mais andar com caderno e caneta, nem com gravador, nem ficar pra sempre na frente do computador. Nem assim as idéias vão acabar.

Mas ó, não pense que eu acho isso ruim não! É ótimo ter muitas idéias, escrever tanto. O único problema é que nem falar direito ando conseguindo. Acho que tenho desenvolvido problemas de dicção, porque ao tentar falar na mesma velocidade em que o cérebro processa, falo tudo errado, junto uma palavra na outra. Não consigo!

Claro que quero que o estrupício do meu cérebro funcione para todoosempreamém! Mas, será que é pedir muito que ele me deixe ao menos dormir um pouquinho?!

Mas como não adianta reclamar, e, na verdade, tenho é que agradecer, ‘bora pra um samba do crioulo doido?

Top5 Música instrumental

Yey! Esse Top5 é o primeiro [de muitos, espero], fruto da sugestão de leitores. A dica é do Fábio, um leitor assíduo e bacana do cafofo, que, infelizmente, não tem blog. Digo infelizmente,porque os comentários dele são "totalmente excelentes!" [como diram Marco Bianchi e Paulo Bonfá], e aposto que ele deve escrever bem horrores. 'Brigadão Fabio! Pelos comentários sempre tão bacanas e pelas dicas. Todas anotadíssimas! [Eu já falei que vale a pena ler os comentários, não falei?]

Eu gosto muito de música instrumental. Me lembro de ser bem pequenina e ouvir os discos junto com mamãe, que é apaixonada por esse tipo de música. Com ela e meu pai aprendi a gostar de Chorinho, ritmo que considero, ao lado do samba, um dos mais bonitos do mundo. E tem também as instrumentais "hermanas", que fazem um sucesso danado lá pros lados do interiorzão em que nasci, como a Polca Paraguaia e o Chamamé, os quais aprendi a dançar antes mesmo de aprender a andar direito. Não posso esquecer também do Tango, esse ritmo tão passional. Ou então da música erudita.

Mas chega de prosa, e 'bora pra lista? Não se esqueça de me dizer a sua, hein!

Mercedita - com Marcelo Loureiro [Essa música é essencial pra todo pantaneiro que se preze. E esse menino é lá de Mato Grosso DO SUL. Orgulho do estado, rapaz!]

Kilometro 11 - com Dino Rocha [um dos mitos da música sul-matogrossense] e Renato Borguetti [Chamamé dos bons que me faz lembrar quando eu era bem pequena e meu avo dançava comigo no colo. Além de me dar uma saudade danada de casa...]

Nona Sinfonia - Beethoven [Uma das mais bonitas e apaixonadas músicas do mundo feita por um dos artistas mais brilhantes de todos os tempos]

Tico-tico no fubá - com Hermeto Pascoal e Sivuca [Não há palavras pra descrever esses dois gigantes da música!]

Por una cabeza - Carlos Gardel [É ou nao é o tango mais bonito de todos?!]

Rapaz! Essa foi mais difícil do que eu pensava... Algumas das músicas citadas não são originalmente apenas instrumentais. Mas, como gosto mais delas na versão instrumental, foram pra lista. E é claro que faltou uma porrada de música. Mas, essa é a única desvantagem do Top5.

Por falar em música...

Nas andanças pelo Youtube, encontrei esse moleque, Nicolas Silva. Um alagoano de 9 anos que se tornou um prodígio tocando violão. A criaturinha começou a estudar teoria musical aos 2 anos e meio, e toca Villa-Lobos, Bach, entre outros grandes nomes da música clássica. Além de tocar Gardel e Pixinguinha.

Nessa entrevista AQUI, ele fala sobre a paixão pela música clássica, da paixão pelo futebol, e dá show não só com o violão, mas com a desenvoltura com que fala. Dá medo de pensar do que ele será capaz quando crescer. E ao mesmo tempo é bom demais ver que o mundo ainda tem salvação... Por menor que seja...


Política, pra que te quero?!

Podem acusá-lo do que quiserem, mas uma coisa é fato: o velho Fidel tinha carisma. Ainda mais se comparado a Raúl Castro, seu bonequinho de estimação. E além de fraco, Raul também é desinformado. Alguém viu ele, em visita a Bahia, dizendo que tinha as mesmas crenças dos bahianos e mostrando um terço jesuíta pra provar?! Elaiá...

Me digam uma coisa... Não chega a ser um paradoxo o Senado ter um Conselho de Ética?!

Ah! E alguém me explica pra que diabos o Senado precisa de SETECENTOS copeiros?! É isso mesmo! Setecentos copeiros! E cada um ganha, NO MÍNIMO, 1200 contos. Vou largar mão de estudar e virar copeira do Senado, mermão...

Ao comentar a notícia de que um professor negro de Harvard havia sido preso, Barack Obama disse em rede nacional que havia achado a atitude da polícia de Cambridge estúpida. Mas, será que se o professor fosse branco ele teria dito a mesma coisa? Além disso, será que o policial não tem direito de processar o presidente por discriminação? Afinal de contas, discriminação com base na cor da pele não é crime? Ou isso só acontece quando a cor da pele é a mesma do presidente?

Gente! Aprendi que o vocábulo “trabalho” adquiriu mais um significado. Tem que avisar pros editores de dicionário que eles têm alterações a fazer. Quer saber por quê? Essa semana o nosso excelentíssimo presidente declarou, em ocasião de mais um pedido de afastamento do chefe de família [ou seria de quadrilha?!] do Senado, o seguinte: “Enquanto a oposição grita, eu trabalho!”. Se ele não usou trabalho como metáfora, a definição de trabalho mudou. Afinal de contas, dá pra dizer que o que ele faz é trabalho?!

E a última, mas não menos importante. Ontem, o Governo anunciou a criação do Bolsa Cultura. Agora, além do Bolsa Família, do Bolsa Escola, do Bolsa Gás e do Bolsa putaqueopariu, os trabalhadores de baixa renda terão direito a 50 reais mensais para gastarem com cultura. Olha como nosso presidente é bonzinho. Enquanto a classe média se fode pagando impostos, ele quer posar de Papai Noel para os pobres. Oi? Eleição no próximo ano? ‘Magina, rapaz! Só coincidência...


Futebol [e política, por que não?].

E o pobre do Cuca não resistiu a pressão da torcida do “Framengo” e foi demitido. É o décimo técnico que cai em 13 rodadas do Brasileirão. Aparentemente, quando o time está perdendo, a culpa é do técnico, e não dos jogadores. Afinal de contas, é o técnico que coloca os jogadores em campo.

E sabe que não seria má idéia adotar essa “política” do futebol em nosso Governo?! Se o Senado anda mal das pernas, troca o técnico, uai! Se o Governo anda mal das pernas, troca o técnico! Se funciona pro futebol porque não pode funcionar na política?!


Tenho cá pra mim que o Ronaldo anda saindo pra balada com o Imperador. O bicho não consegue nem parar em pé no gramado! Não viu o tombo dele no jogo contra o Náutico ontem? Ah, menino! Olha AQUI ó. E pode rir, porque nessa ele pediu!

E o Sr. Ricardo Gomes insiste em manter o W9 no ataque. Eu não entendo. O cara fica a quase 10 jogos sem fazer gol. Anda mais devagar que uma tartaruga em campo. Leva mais cartão amarelo que zagueiro. E não vai pro banco! Será que o São Paulo anda imitando o Senado e colocando parentes pra jogar?


Vale a pena ler

Há pouco tempo descobri o blog da Silmara Franco, o Fio da Meada. Lembro de um post linkando pra ele no Hoje vou Assim [blog da Cristina Guerra, mesma autora do lindíssimo Para Francisco, do qual vou falar em outra oportunidade]. O primeiro post que li, sobre colocar cor na nossa vida, já me ganhou. E os seguintes só serviram pra aumentar minha admiração pela escrita da Silmara.
Ela escreve crônicas, cartas e contos. Daqueles que você fica pensando Será que ela viveu? Será que é invenção? Numa mistura entre ficção e realidade tão boa que não se sabe onde uma começa e a outra termina.
Vai lá ver, e depois me diga se não vale a pena ler. [Mas espera acabar meu post, uai!]


Palavras alheias pra terminar...

Esses dias citei o nome de Manoel de Barros. Esse poeta mato-grossense, que descobri aos 14 anos, é uma das expressões máximas da poesia do fim do século XX. Mas, infelizmente, Manoel é pouco conhecido. Talvez porque seja um caramujo que vive em sua concha, pois não dá entrevistas e não faz muita divulgação de seus livros, graças a um “pequeno desafeto” com a crítica brasileira.

O que importa é que Manoel de Barros é a personificação da desconstrução, da poesia que se quer apenas poesia. A maioria diz sempre a mesma coisa sobre ele “Ah! Isso é sem pé nem cabeça!”. Mas o sem pé nem cabeça de Manoel de Barros é genial! É claro que há gente que não goste, afinal de contas, nada nesse mundo é feito pra ser admirado por todos. Aquela velha questão de gosto, sabe...

Mas praqueles que gostam de sentir e ver as imagens da poesia. Praqueles que gostam de ouvir o barulho das palavras. De dançar com o ritmo dos versos. De brincar de ser criança com as palavras. Praqueles nascidos e orgulhosos do Pantanal. Pra esses, Manoel de Barros é indispensável, e tem os pés e cabeça no lugar certinho...

Abaixo um pequeno escrito do “poeta do Pantanal”. Quer saber mais sobre ele? Clica AQUI ó.

"O que eu gostaria de fazer é um livro sobre nada. Foi o que escreveu Flaubert a uma sua amiga em 1852. Li nas Cartas exemplares organizadas por Duda Machado. Ali se vê que o nada de Flaubert não seria o nada existencial, o nada metafísico. Ele queria o livro que não tem quase tema e se sustente só pelo estilo. Mas o nada de meu livro é nada mesmo. É coisa nenhuma por escrito: um alarme para o silêncio, um abridor de amanhecer, pessoa apropriada para pedras, o parafuso de veludo, etc, etc. O que eu queria era fazer brinquedos com as palavras. Fazer coisas desúteis. O nada mesmo. Tudo que use o abandono por dentro e por fora." [Manoel de Barros – Livro sobre o nada]

Companhia Musical:

Malandragem dá um tempo – Bezerra da Silva e Barão Vermelho.

Iracema/Um samba no Bexiga/Saudosa maloca – encontro de Adoniran Barbosa com Elis Regina [1978] [Lindo!]

Onde a dor não tem razão - Velha Guarda da Portela e Vanessa da Matta

Timoneiro - Paulinho da Viola

Rosa - de Pixinguinha com Marisa Monte


Companhia Literária:

"Minha liberdade é escrever. A palavra é o meu domínio sobre o mundo." [Clarice Lispector in A paixão segundo G.H.]

"Agora diga tchau, Lilica.
Tchau Lilica!"

22 comentários:

  1. Nossa, eu tenho disso tbm.. é só eu deitar que começam a vir altos textos bacanas pra postar e escrever, idéias e talz.. tanto que, na minha cabeça, já tenho título e idéias pra continuação de um livro meu que eu ainda nem terminei!!!!! Fala sério né?? kakakaka... quando estou muito cansada atéque não vem nada não, mas em dias assim, que eu tento deitar mais cedo, nem consigo pregar o olho.. e meu pai acha que eu durmo tarde porque eu quero.. kakakaka.. Pena que depois não consigo tranferir tudo de volta pro PC... que coisa né??? Isso é que me irrita... ^^
    bjussss

    ResponderExcluir
  2. Caramba, minina! Como vc escreve! E como me faz rir com tanto irreverência! A-do-ro te ler! Que travesseiro bom este, hein? Onde comprou? Vou ver se tem ainda.:) Melhor é essa cabecinha genial! Quantas idéias, quanta criatividade, quanta opinião! Repito, adoro! Sabe o Caetano Veloso devorando tudo e todos, quero devorar sua genialidade! :)
    ---
    Minina, sabe que ando rindo das colunas políticas nos jornais também? Ilário ler o que os "mestres" andam dizendo por lá. Meu pai! Quanto senso de humor eles tem, não? Só pode ssr senso de humor, senão acho é que estão debochando da gente.
    ---
    Pode incluir aí nas Top5 instrumentais: Sidney Linhares. Muito bom! Super urbano, super atual.
    ---
    Estas crianças de hoje estão diferentes mesmo. Sabe que meu sobrinho de 12 anos, desde os 6 toca piano, adora música clássica e Beatles? Incrível!
    Estou só de olho em Sophia. Com 2 anos adora violão, e já andou ensaiando tocar umas musiquinhas com o Tio. Será que vai no mesmo caminho?
    ---
    Ô, sobre futebol vou ficar devendo comentários. É que não sou muito ligada em homens correndo atrás de bola, não. Sempre preferi eles correndo atrás de mim! :) Deixa o maridão saber disso! :)
    ---
    Dica boa esta da Silmara, hein? Adorei.
    ---
    Estou precisando ler mais. Teve um tempo que estava antenada em tudo e todos na literatura, agora fiquei tristinha de não conhecer o Manual de Barros... Mas já tô me apromando. Vou providenciar os textos p/ler.
    ---
    E seu libro, minina? Estou angustiada, me coçando p/ ler! Qd vai nos prestigiar lançando-o,hein? :)

    Bjs, e bom findi, Fabi.
    ---
    Ah! Adoro ler os comentários tb. Acabo descobrindo bons blogs, de bons autores, através deles. Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Meu, pai! é seu cérebro correndo e meu dedo tb! ;) Conserta aí:
    - MANOEL de Barros;
    -AprUmando;
    -LiVro.
    Êta lelê! Se mamãe lê isso manda me prender! :)

    ResponderExcluir
  4. Paty, fico feliz que vc tenha gostado do meu post, receber um elogio seu me deixa muito envaidecida. \O/

    Realmente, muitas pessoas têm vergonha de falar sobre o assunto. Mas não deveria ser assim, não é? Seria tão mais fácil se esse fosse um assunto natural, como é o ato propriamente dito.

    Então estamos todas na adolescência bloguística mesmo. Por isso estamos formando nossas patotinhas. Adolescentes não só andam em bando?

    Pois é, eu fui "teacher" por 4 anos. Daí minha experiência com crianças e coisas ligadas a elas.

    Mas acabei me rendendo a uma profissão mais bem remunerada, confesso. Se fosse fazer o que me dá realmente prazer, ensinaria crianças até hoje. Por isso, me realizo inventando moda pras minhas pequenas. Canalizo minha energia criativa de um modo positivo.

    As inovações do Ainda MininaMá só o deixaram ainda mais interessante.

    Agora, querida, que post maravilhoso é esse? Eu também tenho um caso com o meu travesseiro que deveria ser estudado. Me inspiro sobre muita coisa enquanto estou dormindo. Quando estudava para o vestibular, lembro de um dia em que cochilei enquanto estudava física, no meio de um problema. Sonhei com a fórmula e o resolvi todinho enquanto dormia. Acordei e pimba! Coisa de doida? Pode ser...

    Ao menos agora vejo que não sou a única. kkk

    Agora, sobre textos eu até tenho alguma inspiração, mas como disse Paulo Rebelo "escrever poderia ser um negócio bem mais fácil. Bastava não ter alguém do outro lado para ler."

    Já vc nasceu pra isso, menina, sua eloquência é natural, espontânea e flui numa velocidade incrível!

    Já pensou escrever 3 posts como esse, 1 capítulo do livro e mais 10 páginas da dissertação? Nossa Senhora!!!

    Aproveita, minha filha, já que a musa inspiradora tá sentada do teu lado e senta a pua!

    Nós é que lucramos com isso.

    Por falar nisso, não tá na hora da senhora ir tirar um cochilinho não?

    Boa noite!

    Bjks.

    PS. Meu marido volta hoje às 24h. Disse que tava um frio de rachar em Curitiba. Acho que meu post foi inspirado na saudade... kkkk

    ResponderExcluir
  5. Esqueci de comentar...

    ...enquanto isso nosso TSE fecha os olhos para toda e qualquer propaganda eleitoral extemporânea ou abuso de poder político...

    ...a lei não deveria ser para todos?

    ResponderExcluir
  6. heey!
    tudo bem??
    visita o meu blog dps:
    justmeandthemel.blogspot.com
    beijoss...

    ResponderExcluir
  7. Patrícia, não sei se já conhece, mas olha que interessante: http://diariodatribo.blogspot.com/2008/03/mulher-manual-de-preservao-da-espcie.html
    Bjs, Fabi.

    ResponderExcluir
  8. Quando eu tinha um blog essas coisas aconteciam comigo também, não com muita frequência, mas me lembro de vezes que levantei da cama para anotar a idéia ou escrever o texto, pois sabia que no dia seguinte seria complicado reproduzir tudo que havia pensando.

    Paty isso mostra que vc é uma pessoal extremamente criativa e questionadora... vai ver as sinapses entre os neurônios do seu cérebro estão aumentando em quantidade e velocidade a cada dia :)
    Só espero que vc consiga dormir, porque nada melhor que boas noites de sono para recuperar as energias.

    Sobre política, cara, tá valendo mais ser copeiro do senado do que fazer pós graduação. Pra vc ver como temos "senados" espalhados pelo Brasil. No instituto de pesquisa que trabalho tem gente que ganha cerca de R$4.000 para fazer café e limpar a pia da copa, e detalhe essa pessoa não tem nem a oitava série... Coisas que só o Brasil faz por vc.

    Putz, tô querendo uma bolsa cultura também, quero assistir uns filmes no cinema mas a falta de grana tá foda! O pior é que ser classe média é estar no limbo, não somos ricos o suficiente para ter uma vida confortável, e nem pobres o suficientes para ter regalias financiadas pelo governo.
    Quem sabe um dia não inventam a bolsa-blog, assim vc pode viver da sua escrita...

    Gostei da idéia desse escritor Manoel de Barros. Sabe que quando eu tinha um blog a idéia inicial dele foi ser um blog sobre o nada, contudo inspirado no seriado Seinfeld.

    Paty, brigadão pelo elogio!!
    Mas não escrevo tudo isso não, ainda mais quando se trata de texto científicos...
    sou uma lástima hahahahaha!!
    Olha só, se comento aqui é porque sou inspirado pelos seus texto :)

    Aproveitando, já que vc se encontra tão inspirada, quando eu tiver que escrever minha tese do doutorado vou te chamar para me ajudar... hehehehe!!

    E vamos ao top 5 de músicas instrumentais

    1 - Joe # 1 (Fugazi)
    2 - YYZ (Rush)
    3 - La villa strangiatto (Rush)
    4 - Orion (Metallica)
    5 - Pipeline (Versão do Dick Dale)

    beijos

    ResponderExcluir
  9. Bom dia, Patrícia!
    Que coisa mais bacana esse seu comentário sobre o meu blog, menina. Amei.
    Obrigada pelo carinho, querida.
    Um beijo bem grande,
    Silmara Franco
    www.fiodameada.wordpress.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Patrícia!
    Nossa! Tu és virada, hein? Isso é talento para a escrita, bonita! É esse o nome de quem tem tanta facilidade para escrever, sabia? Eita, lelê! “Benza Deus”!!!!!

    Confesso que tembém tenho meus “insights”, ás vezes, quando esotu na cama. Dá um nervoso! Não sei se fico alegre por ter tido uma ideia ou triste porque naquele momento tudo o que eu queria mesmo era dormir...

    Mas assim, dormir tem um negócio especial mesmo. Lembro que quando era vestibulanda o professor de Física sugeria que a gente estudasse umas 2h e depois relaxasse num “soninho chinês” de 20 a 30 minutos. Segundo ele isso ajudaria a fixar a matéria. E não é que dava certo? Comigo funcionava bem... o sono é um bálsamo mesmo para as ideias, não? ;)

    ...
    ...hummm... me perdi escutando Beethoven. Preciso fazer mais isso... delícia!!! :D

    Quem sabe escutando mais e mais, não tenha um pirralho prodígio com o Nicolas Silva, hein? :D

    ...
    Mulher, não tenho dúvidas que Fidel tinha carisma. Como pode uma criatura ter ficado tanto tempo no poder? E nem venham me dizer que o governo foi um paraíso... êê! Não foi! E mesmo assim se sustenta!!! :o

    ...
    Ai, ai... já é uma ofensa a inteligência alheia as atitudes eleitoreiras do governo. Vou te contar... não contava com mais essa. Bolsa Cultura, é? Sim, sei...Tô Por aqui, ó! Por aqui! (abstrai, minha mão passa da cabeça nesse momento) ... humpf! :(
    ...
    Dica da Silmara anotada!
    ...
    ...hummm... não conhecia o Manoel de Barros. Não tenho dúvidas de que ele faz mesmo brinquedo com as palavras, a julgar pelo trecho que você separou. Mas sabe do que mais? Quem disse que Arte tem sempre que fazer sentido, não? Se diz algo para você, pode não dizer para mim, e vice-versa. Ele é corajoso por querer se desvencilhar de todos os rótulos, de nem ao menos ter um estilo para sustentar a obra. Um livro escrito com coisa nenhuma, no mínimo, instiga a curiosidade alheia, hã? Sabe-se lá o que se descobre nas entrelinhas... ;)

    ...
    Nossa! Pensar no Bicha como referência? Fiquei chocada. Sabe por quê? É que não sei ainda se estou conseguindo imprimir uma identidade ao Bicha. Quero muito isso, e é o que persigo. Ler isso de você me deu ânimo para continuar assim, por onde estou indo. E vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos e ver no que vai dar, né? ;)

    Beijos, bonitona!!!

    ResponderExcluir
  11. A música salva almas! Já dizia o Pato de Botas! huhuh... e se salva almas, porque não pode salvar o mundo? Só que é preciso que as almas se unam. Mas como sabemos, o ser humano é egoísta por natureza!

    ResponderExcluir
  12. Você está me descrevendo...A parte do distúrbio da fala, então, você matou a charada, pois tenho andado assim mesmo, minha boca não acompanha a velocidade do meu pensamento, E olha que eu falo...O problema qdo deito é que depois não consigo lembrar para escrever a sequência certa, nem tudo aquilo que pensei. Juro que já deitei para dormir com papel e caneta, escrevi um monte de coisas antes de dormir profundamente. Valeu. Digo ao meu marido que queria ter um aparelho que filmasse tudo o que se passa em minha cabeça. E os desenhos e pinturas que faço então? Sem comentários, mas se pego um lápis, a mão parece que endurece e nada daquilo vai para o papel. Minha terapeuta (pque achei melhor procurar uma holística antes de pirar de vez)diz que é porque eu vivo na velocidade lá de cima, onde as palavras não precisam ser ditas, não precisamos de pernas para nos locomovermos...Vivo assim. Quem sabe enquanto estamos aqui, alguém não inventa uma máquina leitora de cérebro ultra potente Tabajara? Bjs no coração monicasuner@globo.com

    ResponderExcluir
  13. Olá Patrícia,

    Tudo bem??

    Três vezes obrigada!!! rs

    Obrigada pelas boas vindas a esse mundo fantástico de tantos blogs com ideias lindas que estou vsitando e uma mais criativa do que a outra. Tirando esse relacionamento entre vcs blogueiras, que passa uma energia muito boa para quem lê, muito legal! Tirando a facilidade de escrita que várias de vcs tem, bom demais!

    Obrigada pela recepção em seu blog, que é uma dessas blogueiras que citei acima. E que certamente irei frequentar constantemente!!

    Mais obrigada ainda pelos elogios ao meu trabalho ! Estou iniciando nessa arte, mas parece vício, qto mais faz, mais quer se fazer. Tá sendo muito bom!
    E apareça sim, sempre que quiser, ok?

    E o blog certo é www.cozinhajaponesa-artesanato.blogspot.com. Aquele tenho que apagar/desativar, mas ainda não sei como faço isso, rs

    Beijinhos pra vc e boa semana!

    Rafa

    ResponderExcluir
  14. Querida, pelo visto temos mais uma coisa em comum! Eu também posso estar cansadíssima, mas a minha cabeça não para. Vc fica escrevendo textos mentalmente na hora de dormir e eu criando produtos, ahahahhaha! Que loucura, né? Acho que por isso ando tão cansada. Como sempre me diverti com você! E quanto ao resto do post, ôoooo mulher culta e inteligente. Parabéns amiga!
    Super beijo,
    Isa

    ResponderExcluir
  15. Mas é isso que eu iria lhe dizer: o bom dessa overdose de ideias e que você está produzindo, tem coisa para falar, escrever...
    Nona Sinfonia é clássica, com certeza.
    E não vou nem falar de mais um bolsa. Como sou eu que sustento isso mesmo, fico revoltada com esse sistema. Não que eu ache que pessoas com menos oportunidade e sem trabalho deveriam viver na miséria. Mas eu que pago impostos não tenho direito a várias dessas coisas ai que o governo quer garantir.
    Bjitos!

    ResponderExcluir
  16. Olá
    Visitando esse espaço pela primeira vez e me identificando em muitas coisas. Vc escreve heim?! Quanta coisa há por aqui.

    Na última noite estive igual a você, sem sono, se a gente tivesse se conhecido antes, talvez eu te ligaria para bater um papo... Minha dificuldade em dormir rendeu não só posts, mas quase uma lista do que preciso fazer, providenciar, falar com. Enfim, basta eu ficar preocupada que perco o sono, queria perder a fome, mas essa sem chance...

    Sobre a listinha de músicas, eu tb AMO O FILME ALTA FIDELIDADE e tb escrevo listinhas, kkkkkkkkkkkk. Coincidência ou não, já vi o filme milhões de vezes.
    É incrível como criança quando tem talento pra música, faz bem demais da conta e deixa qualquer adulto no chinelo. Dá até vergonha.

    Eu tb gosto de futebol. E não comento mais sobre o assunto no blog porque são poucas as blogueiras que gosta. Sou corinthiana fanática (com marido palmeirense - argh) e acompanho os campeonatos, leio sobre, escuto programa de rádio, e tudo mais.

    É, post grande rende comentários grandes. Adorei isso aqui, volto mais vezes, prometo.
    Ah, passa por lá quando puder.

    ResponderExcluir
  17. O meu cerebro funciona mentalmente tb, mas smp q eu sento pra colocar ou no papel ou no PC ele pluft, desliga !!
    E não sai mais nada, empaca feito burro... trava... enfim

    beijos =)

    ResponderExcluir
  18. Cadê tu, mulher? Congelou nesse frio cruel de Curitiba? Ou tá sonhando e produzindo nesse travesseiro mágico?

    Estou com saudades. Bjão.

    ResponderExcluir
  19. Tb estou sentindo sua falta... Bjs, Fabi.

    ResponderExcluir
  20. Pati, vc realmente é uma "Mininamá" por deixar todos nós sem seus posts...

    Espero que esteja tudo bem :))

    ResponderExcluir
  21. Olá Minina! Gostei muito, parabéns pelo blog! Restrição apenas à citação do bode Fidel, aí você quase azedou a conversa. Bem que você poderia ter lembrado de Silvino Jackes, um gaúcho metido a valente que fugiu da justiça gaúcha para o pantanal no inicio do século IX, e que andou aprontando por lá...abraços pantaneiros

    ResponderExcluir

Entre e fique à vontade!
'Bora prosear, porque esse blog também é seu.
Obrigada por sua visita, e por sua opinião.
Seu comentário será respondido aqui, nesse espacinho, assim que possível.
Um beijo procê!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...