sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Samba do crioulo doido de cara nova.

Companhia Musical
Nós - Cássia Eller
Sina - Djavan
Lanterna dos Afogados - Paralamas do Sucesso e Djavan
Os cegos do Castelo - Titãs
Canção pra você viver mais - Pato Fu

Companhia Literária
"O que há de mais admirável nas democracias é a facilidade com que qualquer pessoa pode passar da crônica policial para a crônica social" [Mário Quintana in Caderno H]


Como a querida Ruby [do Meu canto, minha prosa] disse que o cafofo havia se tornado um fanzine [e eu adorei a idéia!] decidi aumentar o Samba do crioulo doido, que já falava de muita coisa, e a partir de agora vai falar de muito mais. Vou publicá-lo sempre às sextas. Assim, posso falar sobre os ocorridos da semana, e você tem o final de semana todo pra ler e pra gente poder prosear.
'Bora lá?

Top5 Brega Pride

Quem me conhece, sabe que eu tenho um certo apreço por música brega. Talvez seja porque sou uma cria dos anos 80. Mas o fato é que me divirto horrores escutando as velharias que muita gente considera ruim, mas que eu considero produto de uma época.

Depois de ver um vídeo da Ana Carolina, no qual ela explica o que é "cara de caneca" ao escolher uma música brega pra cantar, decidi fazer um Top5 de músicas bregas.

E você, faça sua lista também! A partir de agora, vou atualizar com as listas dos leitores. Assim, o Top5 pode virar um Top50!

1. Evidências - de José Augusto interpretada pro Ana Carolina [o vídeo da "cara de caneca"] [Eu ADORO essa música! Não cantada pelo Chitão e Xororó, que fique bem claro...]

2. Fogo e Paixão - Wando [Wando é o rei da mulherada, rapaz! Até já joguei calcinha pra ele! Calma criatura! Chega de rir senão vai doer a barriga!]

3. Chorando se foi/Preta - de Kahoma e Beto Barbosa, respectivamente, interpretadas por Ivete Sangalo [Eita lelê! Quem não se matou de dançar lambada com essas músicas que atire a primeira sainha rodada horrorosa!]

4. O amor e o poder - Rosana [Quem nunca cantou essa música no Videokê que atire a primeira fita k7!] [Se você nasceu na década de 90, desconsidere a afirmação]

5. O meu sangue ferve por você - Sidney Magal [Não podia faltar um dos reis do brega, né! Nosso legítimo cigano]

Rapaz! Esse foi difícil! Pressinto que haverá Brega Pride-O retorno, viu...

[ATUALIZANDO: A Waniza, do Coisa de Louca, incluiu a Por que brigamos - Diana, na listinha.
A Lidi, do Bicha Fêmea, incluiu Cadê Você - Odair José, na listinha. E eu aprovo!

Faça parte do Ainda MininaMá você também!]

Top5 Cinema - Robert De Niro

Como nem só de música vive a estrupícia que vos fala. E como percebi que mais gente é apaixonada por listinhas e Top5, 'bora criar mais dois Top5: o cinema e o literatura.

E o Top5 Cinema vai começar com o cara que mais admiro nesse mundo cinematográfico. Aquele com o qual, se eu estivesse viva na década de 70, teria me casado sem pestanejar. Pra mim, o melhor ator do mundo: Mr. Robert De Niro.

Eu sou apaixonada por De Niro, desde que vi O Poderoso Chefão pela primeira vez, lá pelos meus 10 anos. Por isso, a estréia do Top5 cinema vai ser com os que considero os melhores filmes desse monstro das telas...

Ah sim... Se você clicar nos nomes dos filmes, vai ser levado até a página que possui informações sobre ele. Optei por deixar o link do Adoro Cinema, pois é em português, e nem todo mundo tem paciência ou conhecimento pra ler em inglês.

'Bora pra lista? Ah! Ela é toda de filmes de sangue, máfia, violência e suor. Porque, pra mim, essa é a melhor catarse do cinema...

1. O Poderoso Chefão II [Além de fazer parte da melhor Trilogia do cinema, De Niro está lindo e perfeito nesse filme!]

2. Táxi Driver [A combinação De Niro+Martin Scorcese é uma das melhores do mundo!]

3. Touro Indomável [Oi? De Niro+Scorcese de novo? Isso mesmo!]

4. Fogo contra fogo [Primeiro filme em que De Niro e Al Pacino, outra paixão minha, contracenam. Perfeito do começo ao fim!]

5. Os Bons Companheiros [Oi? De Niro+Scorcese de novo? Filme de máfia de novo? Lindo!]


Top5 Livros para não ler na escola

E lá vamos nós pra mais um Top5! O primeiro é o Livros pra não ler na escola. Parafraseando o ótimo livro de Luis Fernando Veríssimo, quero saber quais são os livros que você não deveria ter lido na escola. Seja porque eram inadequados pro seu gosto literário [ou, em bom português, chatos pra diabo], seja porque você acha que não tinha maturidade o suficiente pra tê-los lido...

'Bora lá?

1. Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis [Li pela primeira vez quando tinha 13 anos. Aos 18 tornei a lê-lo, e o releio todo ano desde então. Percebi que é um sacrilégio fazer um adolescente ler esse texto do Machado. Afinal de contas, Memórias Póstumas é o divisor de águas da literatura brasileira, e nem os próprios contemporâneos de Machado tiveram maturidade o suficiente pra compreendê-lo em toda sua essência. Imagina um adolescente?!]

2. A paixão segundo G.H. - Clarice Lispector [Mesmo caso de Memórias Póstumas...]

3. Marília de Dirceu - Tomás Antônio Gonzaga [Senhor! Quanto sofrimento pra ler os escritores árcades! E o pior é que os textos "ocultos" do Arcadismo são bacanas. Só que os professores se esquecem deles, e enfiam goela abaixo o bucolismo chaaaato de Marília de Dirceu]

4. Sermão da Sexagésima - Padre Antônio Vieira [Hoje eu sou fã absoluta da retórica do Padre Vieira, mas isso aconteceu depois de eu ter feito faculdade de Letras, e ter sido obrigada a ler toda a obra do vigário. Agora, imagina um adolescente de 14/15 anos tendo que entender o que o velho dizia? Haja café pra não dormir, viu!]

5. O Guarani - José de Alencar [Além de "maquiar" os indígenas de nossa terra, esse livro do Alencar dá vontade de dormir... pra sempre!]

[ATUALIZANDO: A Verônica, do Criative-se, deixou um comentário "totalmente excelente!", sobre a questão de ler Machado na escola. 'Bora ler?

"E no caso dos livros, mais uma coincidência: li todos os romances de Machado de Assis entre os 13 e 14 anos, e além de Dom Casmurro, amo Helena, Iaiá Garcia, A Mão e a Luva, Quincas Borba e, é claro, Memórias Póstumas. Se eu li e curti com essa idade, e você também, acho que daria sim para ler na escola. Não com a face da obrigação, mas com o olhar da análise sobre como as relações humanas e os sentimentos são iguais. A forma de expô-los e a facilidade de fazê-lo é que tem se transformado através do tempo."

Eu concordo plenamente com ela, sobre a questão da obrigação. Acho que empurrar textos tão bons como esses goela abaixo dos pestinhas [forma carinhosa com a qual sempre tratei meus alunos] não é a melhor forma de fazer com que eles o apreciem. Como professora de Literatura, sempre tentei fazer com que meu s alunos fossem críticos e analíticos com relação às obras literárias. Queria que eles as considerassem uma forma de aprender sobre a vida.

E Verônica pensa como eu. 'Brigada pelo comentário tão bacana, Vê [Olha a intimidade da estrupícia!]. ]

[ATUALIZANDO: A Claudinha, do Feito a mão, disse "Eu incluiria O Ateneu à sua listinha de livros para não ler na escola... esse sim me deu vontade de dormir para sempre." Incluído, Claudinha!]


MTV Apresenta Casuarina

Hoje, sexta-feira 21/08, às 22:30h [com reprise no domingo, 23/08, às 19:15h] a MTV vai apresentar o show do Casuarina. Conjunto de samba e chorinho dos porretas. Quer saber mais sobre os caras? AQUI, ó.
[Não! Não ganhei jabá pra fazer propaganda. Infelizmente...]

[ATUALIZANDO: Acabei de assistir ao show do Casuarina. Uma delícia, rapaz! Tão bom que até dancei sozinha na sala!

E fiquei apaixonada pelo vocal, o João Cavalcanti, [com todo o respeito, claro! Porque o moçoilo é bem casado...] filho de Lenine. Adoro Lenine! Além de um super músico, é um charme só... Além disso, devo confessar que tenho uma quedinha ['tá bom, não é uma quedinha! É um tombo mesmo!] por cariocas...

Você perdeu. Mas ainda dá pra ver a reprise viu!]

Se essa rua, se essa rua fosse minha

Esses dias, numa sessão nostálgica procurando cantigas de roda, encontrei esse curta AQUI baseado na música Se essa rua fosse minha. Achei de uma delicadeza e de uma beleza absurdas! Eles fizeram uma histórinha de amor com a música de fundo. Vale a pena ver. E muito!

Vale a pena ler

Normalmente eu indico blogs nesse espaço. Mas vou ampliar, e passar a indicar sites também. E o de hoje é um dos sites que visito diariamente. Muitas vezes, mais de uma vez por dia. Falo do Memória Viva - Carlos Drummond de Andrade, site dedicado ao Drummond.

Eu sou apaixonada por esse poeta mineiro, que mostrou que o mundo não precisa de arabescos e rimas rococó pra ser representado. E que fez de seus poemas uma doce prosa. Vai ver, e ouvir, porque há alguns poemas na versão MP3, declamados pelo próprio Drummond.


Política, pra quê te quero?!

*E as representações contra Vossa Excelência Sarney foram arquivadas. O fator decisivo para o arquivamento foram os votos do PT, que foram a favor, mesmo contradizendo a opinião do Presidente do partido, Aloísio Mercadante. Como foi dito pela imprensa, a decisão veio diretamente do Palácio do Planalto, ou seja, do torcedor do curíntia. E depois ele tem a pachorra de dizer que não tem nada a ver com o que se passa no Senado!

E apesar de parecer trocadilho infame, no caso Sarney, literalmente deu PT: perda total. Mas dessa vez pra população, ou pros "contribuintes", como eles gostam de nos chamar...

*Ainda falando sobre o velho Coronel. Essa semana, em mais uma de suas defesas, ele citou o livro O Processo, de Franz Kakfa, para fazer uma analogia ao fato de o estarem condenando injustamente. Achei irônico, visto que o livro de Kafka foi escrito justamente pra criticar o modo de se fazer política no leste europeu de sua época, que se baseava na total autonomia dos governantes em relação às atitudes tomadas; e que desconsiderava de todo a palavra do cidadão civil. Na verdade, acho que Sarney não podia se colocar no lugar do injustamente condenado; mas sim no lugar dos autoritários e descabidos governantes.

*E a Dona Dilma, fanfarrona que só ela, anda brincando de esconde-esconde com a imprensa. É possível que seja por dever as explicações no caso Lina Vieira. Mas tenho cá pra mim que também por ela ter se olhado no espelho, e se dado conta de que o Botox não a deixou mais bonita. Afinal de contas, isso seria tão impossível quanto existir um Presidente do Senado que não seja um corrupto safardano.

*Achei digno a Marina Silva ter se livrado do PT. Mas tenho cá pra mim que ela vai acabar se tornando a Eloísa Helena-O Retorno. Com um discurso chato, franciscano, baseado na "pobreza". O que, convenhamos, ninguém merece! Nem o eleitorado brasileiro, em sua maior parte "lulista" e dependente de bolsa-esmola...


Esporte

*Eu tenho MEDO do Usain Bolt!!! O quê diabos é aquele homem?! Uma máquina?! Vai correr assim no inferno, menino... Mas, andei pensando com minhas teclas... Sabe que o governo podia incentivar os trombadinhas a fazerem atletismo? Afinal de contas, eles já têm uma experiência danada em correr da polícia. Estão desperdiçando talento, viu...

*Eô, o Capitão voltou!!! Não pude conter minhas lágrimas na volta de Rogério Ceni! A volta de nosso capitão representa essa nova fase do São Paulo; uma fase de pura força de vontade e superação. Seja bem-vindo de volta ao seu lugar, Capitão!

*Ah, moleque! E os adversários estão tremendo! Depois de uma rodada do brasileirão que conspirou a nosso favor, o São Paulo conseguiu a vice-liderança, está há 9 jogos sem perder, e com 7 vitórias consecutivas. Pra quem achou que o Jason estava morto. Corre que o bicho vai pegar, meu filho!!!

*E eu acho que já está na hora de parar de pegar no pé do Richarlison, viu. Não nego que eu sempre fiz campanha contra o cara. Mas venho aqui, humildemente, reconhecer que ele é um dos responsáveis pela cara nova do meu Tricolor Paulista. Além de estar em ótima forma, o Ricky [como gosta de ser chamado] dá o sangue no gramado pela nossa bandeira. E isso tem que ser reconhecido, oras!

*Agora...Com relação ao senhor Washington... Acho difícil que ele ganhe um voto de confiança da torcida. Pra quem não lembra, ele foi o responsável por tirar o São Paulo das finais da Libertadores de 2008, no jogo contra o Fluminense, além de ter falado bem mal do nosso time.

Agora quer que todo mundo passe uma borracha, e se esqueça disso. Felizmente, eu não vou ter a mesma atitude do Excelentíssimo Collor, que se esqueceu do que Sarney fez ao nosso país. Por mim, que o Washington vá fazer seus gols de sorte e canela bem longe do Morumbi...

Palavras Alheias

Conheci as palavras de Mário Quintana ainda muito jovem. E com elas fui crescendo. Quintana é o poeta do sorriso de canto de lábios. É o homem das palavras duplas, triplas, quádruplas. Suas palavras nunca se prendem a um só olhar, a uma só interepretação. E ele consegue tudo isso por exercer sua simplicidade tão plena.

Tenho cá pra mim que todos no mundo deveriam ler Quintana, pra aprender a olhar pra vida de um modo mais leve, mas não menos crítico. Pra aprender a fazer gracejo com as mazelas. A murmurar a doçura dos sentimentos. Pra brincar com nossa inexorável condição de transeuntes da grande calçada da vida... Quer saber um pouco mais sobre esse fazedor de sorrisos? AQUI, ó. E abaixo um poema dele que até parece uma confissão minha...
"Confissão

Que esta minha paz e este meu amado silêncio
Não iludam a ninguém
Não é a paz de uma cidade bombardeada e deserta
Nem tampouco a paz compulsória dos cemitérios
Acho-me relativamente feliz
Porque nada de exterior me acontece...
Mas,
Em mim, na minha alma,
Pressinto que vou ter um terremoto!"

"Agora diga tchau, Lilica.
Tchau Lilica!"

18 comentários:

  1. Mas vc não vai escrever só sexta não né? Vai rolar mais post durante a semana, né?? hehehehe.. ah, agora você tá cheia das listinhas né? Quero roubas isso pro meu blog, mas não sei se tenh o talento pra postar dandos tops como você!! hahahahahaha..
    Nossa, eu tô tendo que ler Sermão da Sexagéssima [alias, ja li neh] pro vestibular. Achei a mesma coisa que ler a bíblia, mas até que com a explicação da professora ficou tudo mais claro..
    SObre política, prefiro esquecer um pouco.. ando muito estressada sabe, e o Lula passou dos limites dele... affe, fala sério!!!
    bom, adorei o blog.. ^^
    bjusss

    ResponderExcluir
  2. Patrícia querida me diverti horrores com seu post! Você escreve muito bem!!! Parece um caleidoscópio, muda de assunto com uma facilidade deliciosa e não perde o fio da meada.
    Pode imprimir seu "Fanzine" que vai vender igual pão quente hahahha.
    Ah, eu adoro essa música do Pato Fu, tenho um autógrafo do John em um cd deles, ótima pedida, vou ouvir agora.
    Ótimo fim de semana flor.
    Bjo bjo.

    ResponderExcluir
  3. O " UMA MENINA QUE VOA" TÁ QUASE PRONTO E VC ME DEU MOTIVOS PRA ACHAR QUE PELO MENOS VC VAI GOSTAR UM POUQUINHO DELE.
    LÁ, VAMOS (PQ AGORA SOMOS UMA EQUIPE) FALAR SOBRE TUDO QUE GOSTO, CINEMA, ARTE, E PRINCIPALMENTE LIVROS.

    FALANDO NISSO, TO COM DIFICULDADE PRA CONSEGUIR SEU E-MAIL, NÃO CONSIGO ENTRAR NO ORKUT PRA VER SE TEM, VC PASSA ELE PRA MIM?


    TOP BREGA: AI MEU DEUS!!! O MARIDO TIROU O MAIOR SARRO PQ EU TAVA CANTANDO JOSÉ AUGUSTO NO CHUVEIRO!!! E CÁ ENTRE NÓS, TEM COISA MELHOR?KKKKKKKK
    E A ROSANA, QUANDO EU ERA CRIANÇA FAZIA A PERFORMANCE DELA E TUDO. (CONDENADA PELO PASSADO)

    DE NIRO, MARAVILHOSO, MAS ACHO QUE NÃO CASARIA COM ELE. MENINA, VC TEM UM GOSTO ESTRANHO, SÓ FALTA DIZER QUE ACHA O JOHNNY DEEP UMA GRACINHA?!? TÁ, EU CONFESSO QUE COM O DEEP EU CASARIA, AINDA MAIS SE ELE VIESSE JUNTO COM A FABRICA DE CHOCOLATES OU COM AQUELE CHEIRINHO DE MARESIA!!! EU SEMPRE QUIS VIVER NUM VELEIRO, AGARRAR UM PIRATA NÃO DEVE AFINAL SER TÃO RUIM ASSIM

    LIVROS: EU LÍ ANNA KARENINA, AOS 11ANOS, E SEMPRE RELEIO, E MACHADO, O MEU PREDILETO.
    MAS SOBRE QUINTANA TENHO QUE FALAR QUE É APAIXONANTE, ELE É O VELHINHO QUE QUERO SER, NA VERSÃO FEMININA, É CLARO
    QUERO FICAR VELHINHA COM TODA ESSA POESIA ASTUTA

    NOSSA, HJ EU ME SUPEREI, TO FALANDO (ESCREVENDO) PELOS COTOVELOS

    BEIJO
    BOM FINAL DE SEMANA
    E SE DER ME PASSA O E-MAIL TÁ, QUERO TER UM PARTICULAR COM A SRTA

    ResponderExcluir
  4. Oi Debbys,
    Não, não vou escrever só na sexta, não fia...
    Só o Samba que vai ser na sexta. Nos outros dias da semana vou escrever as outras séries... Aliás, tem uma delas que é fruto de um comentário seu. Na segunda apresento =)

    Claro que você tem talento, rapaz! É só começar. Depois vai no automático.

    Bom fim de semana! Beijo procê!

    ResponderExcluir
  5. Ruby!!!
    Ai mulher, que eu fico faceira que você tenha gostado, viu!
    Ia ser bom se vendesse mais que pão quente... Adorei essa expressão!

    Pato Fu é uma delícia mesmo, né não?

    Bom fim de semana, meu bem!
    Beijão procê.

    ResponderExcluir
  6. Karol!
    Uia...Não vejo a hora de ver essa menina voar, hein! =)

    Ah! ue bom que não sou só eu que tenho um passado pra lá de condenável! xD

    Vou te passar meu e-mail sim, bonita.

    Aiaiai... Como é que você descobriu que o Deep é o segundo da minha lista de casamento?! Sou ABSOLUTAMENTE apaixonada por ele!!! E desde pequena! E ele não precisava vir nem com fábrica de chocolates, nem com cheiro de maresia. Só ele já me basta... Aiai... =)

    Sabe que você me fez ter vontade de ler Ana Karenina de novo? Faz tanto tempo que não leio... E acho Tolstói um gênio!

    Opa! Já fiquei curiosa com esse "particular" viu =)

    E continue assim, falando pelos cotovelos, porque eu adoro!

    Bom fim de semana, bonita!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  7. Patricia,

    Vou começar com as canções. Ruby comentou a do Pato Fu e eu destaco duas: a primeira, Nós, de Cassia Eller, que vejo sempre por aqui e que há alguns coloquei na minha lista do que me faria falta na vida; Cassia Eller faz. A segunda é uma canção que amo e que está em minha playlist dos dias bons e dos dias não tão bons também: é Os cegos do Castelo.
    Seguindo na lista, mas já pulando alguns ítens, é delicioso te ver falando de futebol e da paixão pelo SP. Porque sou uma amante do doce e rude esporte bretão e, sem modéstia alguma, alguém que entende do negócio. Sempre gostei, sonhei lá prá trás que seria uma jornalista esportiva, casei com uma jornalista esportivo, meus filhos foram criados vendo e acompanhando tudo sobre esporte e hoje, de todos os que nos cercam, nós somos considerados espécimes da fauna exótica, pois gostamos, curtimos e entendemos de quase tudo que se refere ao esporte: do tênis de mesa ao golfe. Sim, o capitão voltou, mas por aqui, embora o Imperador também tenha voltado, a cia é triste e o meu Mengão desce ladeira abaixo.
    Mas vou me concentrar no Top5 Brega Pride ( nome ótimo), onde mais uma vez me identifico. Cara...você não sabe, mas eu aaaammmmooo Evidências. E te digo: encaro até cantada por Chitãozinho e Xororó ou mesmo José Augusto. Ela já está caracterizada a nossa música familiar do Natal, depois que já bebemos muito champanhe e só queremos os acabar entre os decíbeis de ...vou negando as aparências, disfarçando as evidências. As outras indicações são ótimas, a exceção - no meu ver - do Chorando se foi.
    E no caso dos livros, mais uma coincidência: li todos os romances de Machado de Assis entre os 13 e 14 anos, e além de Dom Casmurro, amo Helena, Iaiá Garcia, A Mão e a Luva, Quincas Borba e, é claro, Memórias Póstumas. Se eu li e curti com essa idade, e você também, acho que daria sim para ler na escola. Não com a face da obrigação, mas com o olhar da análise sobre como as relações humanas e os sentimentos são iguais. A forma de expô-los e a facilidade de fazê-lo é que tem se transformado atavés do tempo.

    Uau...como sempre, falei muito. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Verônica!

    Mas não é que temos gostos muito parecidos? Cássia me faz muita falta, também... Não tanto, porque tenho todos os cds dela, e escuto diariamente ao menos um...
    E eu gosto muito do Titãs da época de Cegos do Castelo. Não é à toa que gosto muito de Nando Reis, porque as composições que mais gosto do Titãs são da autoria dele...

    Aê! Mais gente que concorda comigo que brega é bom!
    Sobre Evidências, eu também gosto muito de uma versão dela cantada pelo José Augusto e pela Joana, você já ouviu? Ficou linda na voz da dupla...

    Eba! Alguém que goste de futebol!
    Muitas vezes escrevo esse item pensando que quase ninguém irá ler. E tenho essa surpresa boa.
    Sou apaixonada por esporte em geral. Fiz quase todos. Futebol, vôlei, basquete, handbol e tênis de mesa... Mas foi no futebol que me tornei semi-profissional.
    E sou como você e sua família, uma espécime da fauna exótica [adorei isso!].
    Gosto de assistir futebol, independente de quem esteja jogando. Mas é claro que quando meu Tricolor entra em campo, o coração bate que nem doido...
    Sobre o seu Rubro-Negro, não entendo o que se passa... Além do Imperador, tem outros jogadores muito bons, como o Ronaldo Angelin, o Emerson e o Léo Moura. Mas eu bem sei o que passar por uma fase ruim, já que acabamaos de passar por uma...

    Eu concordo plenamente sobre o que você disse sobre os livros. Acho que o que mata o prazer de ler Machado e Clarice na escola é justamente a obrigação de ler pra fazer prova.
    Vou colocar seu comentário no post, tá?

    Ah! Fale muito sempre, por favor!
    Beijo procê!

    ResponderExcluir
  9. Paty, querida, amei a expansão do samba do criolo doido. Que legal! Vamos ver vc falando de mais assuntos, eba!

    Eu gostei muito da sua listinha de bregas e já cantei muito e dancei bastante todas elas... abafa!

    Eu incluiria O Ateneu à sua listinha de livros para não ler na escola... esse sim me deu vontade de dormir para sempre.

    Que bom que vc gostou do aviso de porta. E, olha, meu comentário sobre seu cantinho foi sincero, viu?

    Bjks e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  10. Oi Claudinha!
    Ai menina, eu não me contenho... Tenho que falar sobre tudo, tal e qual uma matraca =)

    Acho que todas nós temos vontade de abafar esse passado brega, né não? Mas que a gente se divertiu, ah!, se divertiu...

    O Ateneu já foi incluído à lista. E eu também quis dormir com ele, viu...

    Bom fim de semana!
    Beijão procê!

    ResponderExcluir
  11. Oi!!
    Nasci em 90, mas tbm tenho gostos absolutamente antigos e, convenhamos, isso sempre chama atenção... Eu incluiria no 'top5 BregaPride' a música da Diana "Por que brigamos"! Nossa... é o auge do brega pra mim, e escutá-la hj é até engraçado, mas é um flashback legal e marcou época :D
    Bjs estalados!

    ResponderExcluir
  12. Oi Waniza,

    Já inclui a Diana na lista.
    Realmente, impagável essa música! =)

    Beijo procê.

    ResponderExcluir
  13. Paty, ainda ecoam na minha mente as suas palavras sobre a vida. Vi que a Lidi indicou o seu post, eu também o fiz, embora de um jeito diferente. Bjks.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Patrícia!

    Eita, lelê! O samba do crioulo doido maior? Que bom! :)

    Oh! Gosto de brega ás vezes, bem ás vezes, quando o coração, corpo, garganta e minha porção cênica pedem...kkk...é que eu me solto, bonita! Faço um show performático na sala e tudo! E uma das músicas que fazem eu “me acabar” nesse sentido é “Cadê Você” na voz de Odair José. “Tudibom”! Ah! Se me derem uma caneca eu fico feliz da vida. Nem faço “cara de caneca” nem nada. Sou “facinha” de agradar...kkkkk... :D

    Sobre os livros para não ler na escola, sabe que eu nunca pensei nisso com algum rancor? ...kkkkk... O que eu não gostava era de ter tempo determinado para ler, assim como pontuou a Vê. Por isso, quando eu lia um livro e gostava, separava para ler com tranquilidade nas férias. Era só essa a minha queixa. Dos que você listou, lembro-me de ter tido dificuldade com o Sermão da Sexagésima. Deve ser por isso que nunca quis reler nada disso depois. :(

    No mais, as aulas de Literatura Brasileira sempre foram um prazer enorme para mim. Eu ia e nem via o tempo passar ouvindo os professores desconstruírem os personagens. Mas também eu dei muita sorte, só tive professores ótimos nessa disciplina, e meu gosto por leitura só facilitou. :)

    No caso Sarney, o PT se superou ao mostrar a decepção que vem se revelando. Talvez fosse mesmo inocência da maioria (que foi quem colocou o partido no governo) acreditar que a ética estivesse acima dos “conchavos” políticos para se manter no comando do país. Por essas e outras, tornei-me apartidária faz tempo...

    ResponderExcluir
  15. O problema em Curitiba é a falta de sol.. e a consequente falta de sombra.. para desencadear conversas esquisitas.. se bem que.. Curitiba é um problema para interação social em geral... Hum... mas fico feliz em ser lembrada como exemplo de visual mendiga... hahaha
    Ah.. as boas e velhas músicas bregas... eu sempre canto "o amor e o poder" gesticulando.. e nem vou falar da minha predileção por fagner e suas borbulhas de amor no videoke... sim.. sim.. tb posso ser lembrada como exemplo de breguice... hahaha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Oi, Pati! Que bom ver o "samba do crioulo doido" valorizado por aqui. Adoro esta sua série, acho q é justamente a diversidade de assuntos que me atrai. A companhia musical, como sempre, supimpa! 'Lanternas' me lembra meus tempos de adolescente, livre, leve e solta. 'Os cegos' idem, Patu Fu, como a maioria dos músicos mineiros, inteligente e irreverente.
    Dos Top5 Brega Pride, vou ficar de fora, sempre fui muito exigente c/ música, rsrsrs. :)
    Robert de Niro, humm, tá caidinho, né? :)
    Livros de escola,não me lembro de nenhum que tenha me assustado, adorava ler, fazer resenhas, resumos, escrever redação, ai, meu Deus! Onde perdi o fio da meada? :) Hj estou distante disso tudo, inclusive do q sempre amei fazer, cantar e ouvir música. Qd se tem filhos e marido a gente acaba abrindo mão de tanta coisa... Mas não estou me lamentando não, viu? Adoro minha vida atual tb, quem sabe em algum momento não a reconcilio com a passada, né?
    Lula, muito à comentar... CONTRA! A cada nova matéria nos jornais, mais me apavoro c/ a cara de pau desta pessoa.
    Casuarina, samba? Adoro! Acho q vc precisa vir mais ao Rio, frequentar a Lapa, ir nos sambinhas de roda, vai adorar!
    Como vc, admiro e gosto muito do Drummond e do Quintana. Vou acompanhar mais os sites que indicou.
    Tb vi o vídeo e achei bem interessante e romântico. Engraçado. Cantava muito esta música p/ Sophia dormir, e ela adorava, mas nunca tive a visão dada à ela no vídeo, pensava em algo bem mais romântico, em vida.
    Ah! E muito boa idéia p/ os trombadinhas, envia aos governantes, q sabe não cola? :)
    Beijão, Fabi.

    ResponderExcluir
  17. Claudinha,
    ´Brigada pela indicação, viu bonita!

    Beijo!

    Lidi,
    Menina, eu racho de rir com essa música do Odair José! E também me esgoelo cantando ela, viu =)
    E sabe que eu também adoro ganhar caneca? Aliás, ando precisando ganhar uma, porque uma das minhas mofou ¬¬

    Eu sou suspeita pra falar sobre literatura, porque foi ela que me fez prestar Letras. Mas depois de 8 anos dando aula disso, percebi que os alunos são diferentes do que a gente era. E o jeito é mudar um pouco o jeito de dar aula...

    Eu também sou apartidária. Acho que qualquer alma sã é, né não =)
    Beijo procê, Bicha!

    ResponderExcluir
  18. Maíra,
    Mas você mora em Curitiba, criatura?
    Vai ver a gente mora perto e nem sabe... Ó, fiquei sabendo que aqui perto de casa tem um hospício. Acho melhor você passar longe, viu =)

    A gente podia marcar um café, pras duas irem mendigas. Ia ser uma beleza de ver xD

    Vou colocar você na minha lista de exemplos de breguice, 'tá? =)

    Beijo procê.


    Fabi!
    Que saudade docê, mulher!
    Que bom que gostou do aumento do Samba =)
    E da Companhia Musical...

    Sobre o Brega, a gente sempre se diverte de alguma forma vergonhosa, né não? =)

    Ô nega, meu sonho de consumo é ir pro Rio, sabia? Vou tentar ir em outubro, pro meu aniversário. E ver se ano que vem presto doutorado em alguma universidade daí. Ia viver em roda de samba, e no Maracanã, com certeza =)

    Assim como você, e nunca tinha pensado nessa música como a versão do vídeo... Na verdade, nem na versão romântica... Depois de ver o vídeo, percebi que nunca tinha feito uma versão minha...

    Beijo procê!

    ResponderExcluir

Entre e fique à vontade!
'Bora prosear, porque esse blog também é seu.
Obrigada por sua visita, e por sua opinião.
Seu comentário será respondido aqui, nesse espacinho, assim que possível.
Um beijo procê!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...