segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Futebol e salto alto: isso dá samba!

Companhia Musical
(Todo prosa com a publicação dos vídeos do Casuarina MTV no youtube!Tão empolgada que fiquei, que o Top5 virou Top10)
É isso aí (Isso é problema dela) - Casuarina
Rosa Morena - Casuarina e Moinho
Já fui uma brasa - Casuarina e Frejat
Cabelos Brancos - Casuarina e Moska
Vaso Ruim - Casuarina
Minhas madrugadas/Pecado Capital (homenagem à Portela) - Casuarina
Swing de Campo Grande - Casuarina
Disritmia - Casuarina
Minha Filosofia - Casuarina
O dia se zangou - Casuarina

Companhia Literária
"Só as pessoas fúteis é que não julgam pela aparência" (Oscar Wilde)

Companhia Quadrinística
Mafalda,  by Quino

Confesso que foram raras as vezes em que falei sobre a materialidade da vida neste cafofo. Salvo os momentos em que abri a porta do meu antigo apartamento [porque as janelas estavam pregadas com durex pra não caírem, logo, nem pensar em abri-las], me furtei de falar sobre assuntos como decoração, beleza e moda. Um pouco por achar que pela internet afora já tem tanto espaço bacana que fala sobre esses assuntos com propriedade; outro tanto por achar que o Ainda MininaMá perderia um pouco de sua essência de viver de prosa.

Há aqueles que pensam que uma vida intelectual não combine com blush, scarpins, e objetos de decoração. Sinto dizer [mentira! Não sinto dizer, adoro dizer], mas essas criaturas cartesianas estão triangularmente enganadas [Ps: Nunca gostei da expressão "redondamente enganada", e como o triângulo é a figura geométrica mais perfeita, o preferi em detrimento das esferas]. Já falei sobre essa divisão intelectualidade X futilidade uma vez, e continuo com a mesma opinião: corpo, mente e ambiente devem estar em harmonia, exatamente como o Bicha Fêmea - de mente, corpo e casa sãos.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Pare um pouquinho, descanse um pouquinho...

Companhia Musical
Por onde andei - Nando Reis
Pra você guardei o amor - Nando Reis e Ana Cañas
Sereníssima - Legião Urbana
O caderno - Toquinho (Animação fofíssima! Vale a pena ver...)
Sinal Fechado - Paulinho da Viola

Companhia Literária
"Quanto mais nos relacionamos com os outros, mais conhecemos a nós mesmos, e é uma boa surpresa descobrir que, afinal, gostamos de quem a gente é, e quando isso acontece fica mais fácil voltar ao nosso local de origem, onde tudo começou" (Martha Medeiros in Doidas e Santas, p.223)

Companhia Quadrinística
Mafalda, de Quino

Você deve estar pensando agora: ainda bem que a estrupícia não é política, pois se fosse, jamais cumpriria suas promessas. Ou será que sou eu que estou pensando assim? Ou será que, no fundo, sou mesmo política? Sabe-se lá... Só sei mesmo é que queria muito ter postado aqui tudo o que aconteceu nos últimos 15 dias, queria ter podido digitar todos os textos que criei nas longas viagens de ônibus até o trabalho, queria ter pedido desculpas por não conseguir dar conta de, ao menos, ligar o computador, tão grande era o cansaço que me tomou conta.

Oi? Quer saber o porquê do sumiço desta vez? Essa imensa e imprevisível caixa de pandora que é a vida. No dia do último post, eu estava praticamente de férias, sem emprego, com a dissertação terminada, só esperando a correção, e cheia de madrugadas em claro e manhãs no escuro do quarto. Passados 3 dias, recebi 3 ofertas de emprego, chegou a correção da dissertação, que deveria ser feita praontem, e então passei a acordar e dormir no escuro da noite. Como se o furacão de Doroty tivesse me dado uma carona até a casa da Bruxa Má do Leste, fui me arrastando, da cama pras escolas e das escolas pra cama.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Voltamos com nossa programação (a)normal...

Companhia Musical

Companhia literária
"Não tenho tempo algum, ser feliz me consome" (Adélia Prado)

Companhia Quadrinística

Fonte: Fábio Moon e Gabriel Bá www.10paezinhos.com.br

BUUU! Levou um susto? Com a minha volta ou com a minha ida? Sim, eu sei, que pessoa mais sem consideração, sem coração, sumir assim, sem dar nem uma noticiazinha que fosse. Tsctsc estrupícia... Mas, ó, agora estou de volta, com gás de sobra pra gente continuar nossos longos papos, só que agora numa sala um pouco diferente...

Sei que devia ter voltado antes, ao menos pra dizer que ia voltar depois, afinal de contas, não temos aqui uma relação leitora/blogueira, mas sim uma relação amiga/amiga [ps: eu sei que são parcos os seres masculinos que frequentam este cafofo, e eu agradeço a todos esses 3 ou quatro que vez ou outra escutam papo de mulherzinha; por sermos quase todas bastante fêmeas, e por ter estudado muito sobre gênero, 'bora colocar as palavras no gênero da maioria, ou seja, no feminino mesmo!], e sou obrigada a admitir que fiz aqui o que tenho costume de fazer com minhas amigas e meus amigos de carne e osso: escafeder.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...