segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Para não bobear, Clarice Lispector

Relendo uns pedacinhos do livro "Só para mulheres", de dona Clarice, encontrei esse texto, no qual ela fala sobre a necessidade de uma mulher cuidar das palavras que saem de sua boca.

Infelizmente, cada dia mais vemos por aí pessoas com os lábios lindamente maquiados, através dos quais jorram cobras e lagartos...

Penso que precisamos prestar mais atenção naquilo que falamos e naquilo que é realmente importante. De nada adianta estar "na moda" e não ter ideias pra defender. Como diria minha [e, provavelmente todas] avó: "Por fora, bela viola; por dentro, pão bolorento"...

Que tenhamos uma excelente semana, livre de cobras e lagartos!.

Para não bobear

Quando você era criança nunca leu a história de uma princesa linda, linda, mas - por maldição de fada ruim - que não abria a boca sem que desta lhe saíssem sapos, lagartos e ratinhos?

Pois o modo moderno de saírem "cobras e lagartos" da boca linda de uma jovem é o de dizer muita bobagem com os lábios perfeitamente maquiados. Só que isso não acontece por maldição de fada ruim, e sim por ignorância, por falta de instrução. Uma dessas "princesas" modernas, ouvindo uma conversa sobre Hemingway, perguntou: "Qual é o último filme em que ele trabalhou?"

Ler é um hábito que todo mundo devia ter. Não se quer dizer com isso que todos leiam "coisas difíceis". Mesmo uma revista bem informada - e bem lida - pode ser uma fonte de culturazinha que pelo menos evita "cobras e lagartos".

Informações Técnicas: LISPECTOR, Clarice (Organização de Aparecida Maria Nunes). Só para mulheres. Rio de Janeiro: Rocco, 2008 p. 06

Um beijo procês!

3 comentários:

Entre e fique à vontade!
'Bora prosear, porque esse blog também é seu.
Obrigada por sua visita, e por sua opinião.
Seu comentário será respondido aqui, nesse espacinho, assim que possível.
Um beijo procê!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...