segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Canção da tarde no campo - Cecília Meireles

Fonte da imagem: Releituras
Recebi esse poema por e-mail da minha mais do que querida Juliana Gervason, e ele ficou ecoando em mim desde então.

Daí que o trouxe pra cá, pra que ele ecoe em você também...

Pra que você não se esqueça que estar sozinha não quer dizer deixar-se abandonar....

Pra que você não perca a esperança no amor, mesmo que seja o seu próprio...

Pra que nessa semana que começa, você carregue consigo sua  tarde, sua flor, sua fonte e sua estrela...

Pra que a vida que ecoa nas palavras e no sorriso de Cecília também possa fazer-lhe companhia.




Canção da tarde no campo

Caminho do campo verde,
estrada depois de estrada.
Cercas de flores, palmeiras,
serra azul, água calada.

            (Eu ando sozinha
            no meio do vale.
            Mas a tarde é minha.)

Meus pés vão pisando a terra
Que é a imagem da minha vida:
tão vazia, mas tão bela,
tão certa, mas tão perdida!

            (Eu ando sozinha
            por cima de pedras.
            Mas a flor é minha.)

Os meus passos no caminho
são como os passos da lua:
vou chegando, vais fugindo,
minha alma é a sombra da tua.

            (Eu ando sozinha
            por dentro dos bosques.
            Mas a fonte é minha.)

De tanto olhar para longe,
não vejo o que passa perto.
subo monte, desço monte,
meu peito é puro deserto.

            (Eu ando sozinha,
            ao longo da noite.
            Mas a estrela é minha.)

Referência: MEIRELES, Cecília. Obra poética de Cecília Meireles. Rio de Janeiro: José Aguilar, 1958,
p. 229-30.

Ps: Me desculpem pela ausência do blog, meus queridos... Essa semana eu volto a aparecer por aqui.
Enquanto isso, meu muito obrigada a quem, mesmo no meu vazio, continua preenchendo minhas palavras.

Tenham todos uma excelente semana!
Um beijo procês!

6 comentários:

  1. Adoro esse da Cecilia.
    Parece letra de música, né?

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade... Cecília é toda musical, né?
      Beijo procê!

      Excluir
  2. Que lindo! Sou apaixonada por Cecília! E esse poema veio na hora certa, sabia? Amei! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!!! =D
      Poesia é sempre um sopro de felicidade na nossa vida. ;)
      Beijo procê!

      Excluir
  3. Adoro seu blog!
    Assim como o seu canal também.
    Acompanho sempre aqui quietinha.
    Preciso ler Cecília já.
    Bjs

    ResponderExcluir

Entre e fique à vontade!
'Bora prosear, porque esse blog também é seu.
Obrigada por sua visita, e por sua opinião.
Seu comentário será respondido aqui, nesse espacinho, assim que possível.
Um beijo procê!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...