quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Riso Amarelo [Poemeto]

Me escondo
no teu riso amarelo
Brinco de matar
tuas ilusões
Caço borboletas-amor
no escuro de tua íris
Quero um copo
de desangústia
e um prato
de coragem
Para criar cores
que acabem com
a palidez
de tuas palavras.

Patrícia Pirota
[2005]

2 comentários:

  1. Lindo!! Pati traduzindo perfeitamente o momento pelo qual estou passando... Bjs!

    ResponderExcluir

Entre e fique à vontade!
'Bora prosear, porque esse blog também é seu.
Obrigada por sua visita, e por sua opinião.
Seu comentário será respondido aqui, nesse espacinho, assim que possível.
Um beijo procê!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...