domingo, 8 de dezembro de 2013

Perdoe-me tanto laquê, Juliana Gervason.

Eis que minha querida amiga, Juliana Gervason, do O batom de Clarice, enfim presenteou o mundo com sua poesia impressa no papel. Perdoe-me tanto laquê reúne alguns dos poemas que Ju escreveu. Ela sempre foi poeta, e seu livro só vem nos mostrar que essa poeta é das boas, e nos dar a chance de compartilhar de suas lágrimas e seus sorrisos em forma de palavras.

Essa não é uma resenha ou qualquer coisa que valha sobre o livro. Esse é apenas um post para convidar você, leitor querido, a conhecer a poesia de Juliana. Nesse link ela dá informações sobre como adquirir o livro. Logo mais falarei sobre ele, se é que serei capaz de falar de algo feito por alguém a quem tenho tanto amor, em vídeo.

Enquanto isso, deixo aqui a foto do livro de Ju, e uma foto que tirei, num dia chuvoso, de um de seus poemas. E é melhor correr, viu! Porque a primeira edição já está esgotada, e eles estão disponibilizando a segunda. ;)



2 comentários:

  1. Eis um livro adorável a começar pela capa. E, desde que a Juliana falou dele, ando curiosíssima para lê-lo. Uma oça de talento ímpar, realmente.
    Abraços.

    www.cronistaamadora.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Patrícia!
    Olhando a capa, fiquei curiosa com o que tem dentro! Li a poesia da Juliana em um boletim literário (Propoe), acho que de Juiz de Fora. Poesia singela e rica!
    Boas festas!!
    Beijus,

    ResponderExcluir

Entre e fique à vontade!
'Bora prosear, porque esse blog também é seu.
Obrigada por sua visita, e por sua opinião.
Seu comentário será respondido aqui, nesse espacinho, assim que possível.
Um beijo procê!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...